O presidente-executivo da Spirit Airlines, Ted Christie, disse que está esperando ansiosamente a retirada da obrigação do uso de máscaras a bordo, que de acordo com ele, “é o próximo passo das autoridades de saúde dos EUA”.

“Esse deve ser o próximo passo – quando os requisitos de uso de máscaras serão revogados em aviões”, disse o CEO Ted Christie durante a conferência Routes Americas em 23 de junho. “Isso vai tirar muito peso das coisas.”

Nas últimas semanas o Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos autorizou a permanência de pessoas vacinadas em ambientes abertos, sem aglomerações, sem necessariamente usar máscaras. Com a vacinação avançando nos EUA, e o número de novos casos de Covid-19 caindo em ritmo rápido, o país começou a flexibilizar as regras sanitárias.

“A realidade é que muita gente não quer usar máscara”, disse Barry Biffle, o CEO da ‘concorrente’ Low Cost Frontier Airlines, que também palestrou no evento. “Você não precisa usar máscara aqui, não precisa usar [máscaras] no Walmart, mas ainda assim precisa fazer isso em um avião.”

“As pessoas estão agitadas”, acrescentou Biffle, citando alguns dos últimos casos de problemas a bordo das aeronaves, que levou a criação de multas por parte da FAA para aqueles que apresentarem mau comportamento em voo.

Ressaltamos para o nosso público que utilizem sempre a máscara de proteção facial, para evitar a propagação do vírus da Covid-19, até uma segunda recomendação das autoridades e da OMS. Se prevenir é sempre a melhor opção.

 

DEIXE UMA RESPOSTA