Embraer E175 Polícia Federal Brasília
Foto: Gabriel Melo

Pousou na tarde desta sexta-feira (18/03) em Brasília o segundo avião Embraer E175 comprado pela Polícia Federal Brasileira (PF). A aeronave de matrícula 2-RLBY voou de Lisboa até Brasília, fazendo escalas na Ilha do Sal e em Recife (PE) para reabastecimento.

Assim como o primeiro E175, entregue em dezembro, a aeronave passará nos próximos dias por um processo de nacionalização, onde receberá a matrícula PS-DPF. O primeiro avião, de matrícula PS-CAV, está neste momento em São José dos Campos (SP).

Com esta aeronave, a Polícia Federal completará uma frota de dois aviões Embraer E175. De acordo com informações da PF, as aeronaves foram adquiridas a partir da falida FlyBe e será operada pelo Comando de Aviação Operacional (CAOP).

Na linha de jatos executivos, o CAOP até então operava com dois aviões Embraer ERJ-145 com capacidade de transporte em torno de 50 passageiros a depender da missão.

*Fotos do primeiro E175, que é basicamente igual ao segundo avião, também operado pela FlyBe anteriormente.

Além da maior modernidade, os dois novos E175-E1 fabricados em 2012 da Polícia Federal podem transportar até 88 passageiros a bordo, ampliando a capacidade em missões de segurança nacional.

Por se tratar de uma aeronave que operou previamente no Reino Unido antes de ser entregue à PF, o E175 passou por inúmeras adequações na OGMA, em Alverca, uma empresa do Grupo Embraer, em Portugal, onde recebeu toda manutenção para retorno à operação, atualização para cumprimento dos requisitos operacionais do Brasil, além de uma nova pintura.

“A introdução do E175, um jato moderno e eficiente, permitirá ampliar ainda mais o escopo das nossas principais missões, como o deslocamento de agentes para operações de combate ao crime organizado, transferência de detentos, movimentação de equipamentos e cargas”, disse o Diretor-Geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino.