E-3D RAF Chile
E-3D Sentry AEW.1 pousando na base aérea de RAF Waddington. Foto: Andy Stevens/RAF.

A Força Aérea do Chile (FACh) adquiriu três aeronaves de alerta antecipado e controle E-3D Sentry aposentadas pela Força Aérea Real. A informação vem do portal britânico Janes

Segundo o jornalista argentino Santiago Rivas, que assina a matéria, uma fonte da FACh confirmou que três aeronaves foram adquiridas por uma quantia não revelada. Um dos jatos servirá como fonte de peças de reposição. 

E-3D Sentry RAF
E-3D Sentry da RAF na RIAT 2018. Foto: Airwolfhound (CC BY-SA 2.0)

O primeiro rumor surgiu a partir do UK Defence Journal na terça-feira (18), onde o site apontava que um fonte ligada à aeronave aposentada em 2021 dizia que o Chile tinha interesse em comprar mais de um jato. 

Continua depois do anúncio

As duas aeronaves substituirão o único EC-707 Cóndor da FACh. A aeronave modificada pela IAI foi fabricada em 1965, e serviu como um avião de testes da Boeing antes de ser vendido em 1969 para a companhia aérea LAN Chile e depois para a FACh em 1990, aponta Janes. 

Ec-707 chile fach
O EC-707 Condór da Força Aérea Chilena. Foto: Hippocamelus (CC BY-SA 3.0)

Os E-3D selecionados pela FACh são registrados ZH 101 (c/n 24109/993), ZH 103 (c/n 24111/1004) e ZH 106 (c/n 24114/1011), disse a fonte chilena ao portal. As aeronaves também foram apelidadas de Doc, Happy e Grumpy. 

Ao todo, a RAF operou sete E-3D Sentry, designados Sentry AEW.1. Os “aviões-radar” foram aposentados no ano passado e serão substituídos por cinco E-7A Wedgetail. Contudo, a primeira unidade do novo vetor, baseado no 737, só deve entrar em serviço em 2023. 

Continua depois do anúncio

Apenas Chile e Brasil operam aviões de alerta antecipado e controle na América do Sul.