China consegue recuperar 50% da demanda por voos domésticos

Air China
Foto - Divulgação

Um nova pesquisa divulgada pela ForwardKeys, que analisou a emissão de passagens aéreas na China, apontou que o país já conseguiu recuperar cerca de 50% da demanda* por assentos em voos domésticos, após a abertura de diversas zonas do país.

*A demanda considerada é comparando com o mesmo período de 2019.

O estudo da ForwardKeys deverá ser repetido nos próximos meses, mas esse se concentrou na demanda por passagens emitidas para os dias 11 a 21 de maio.

Ainda há um detalhe interessante a se notar em toda essa situação. Mais da metade das passagens aéreas foram emitidas cerca de 4 dias antes da viagem, dado o momento de incertezas devido à presença do vírus em vários locais, e ao fechamento de fronteiras até mesmo estaduais.

Ainda não está claro quando a demanda retornará ao mesmo patamar de dezembro, visto que ainda se especula uma segunda onda do coronavírus na China, e boa parte das pessoas prefere fazer trajetos curtos em veículos individuais, ou no trem bala.

 

DEIXE UMA RESPOSTA