China Express confirma pedido de 100 aviões de fabricação nacional

COMAC C919
Aeronave Comac C919

A China Express Airlines confirmou hoje (20/10) a sua intenção de comprar 100 aeronaves comerciais fabricados pela China Commercial Aircraft Company (COMAC).

A compra é composta por 50 aviões ARJ21, que serão entregues até 2025, e mais 50 aviões C919, com entregas de 2022 a 2030. Os aviões são fabricados na própria China, e desenvolvidos pela COMAC.

O cronograma de entrega é de duas aeronaves a serem entregues este ano, seis em 2021, oito em 2022, nove em 2023, 10 em 2024 e 15 em 2025. O preço de cada aeronave é de US$ 38 milhões, mas a companhia aérea diz que negociou um desconto com a COMAC. O valor total do pedido deverá ser de US$ 3,8 bilhões.

A China vem negociando sempre com grande desconto e apoio de bancos estatais, para conseguir entrar no mercado mundial de aviões, atualmente dominado por três empresas: Airbus, Boeing e Embraer.

Você pode conferir mais sobre esse assunto Clicando Aqui.

Foto: Divulgação

O acordo inicial foi assinado em meados deste ano, e agora a empresa confirmou que ficará com as aeronaves. Todo o acordo ainda depende da aprovação dos acionistas. 

O ARJ escolhido pela China Express é uma versão de alcance estendido, que deverá ser entregue a partir deste ano.


Atualmente a China Express opera com uma frota de 13 aviões Airbus A320 e 38 aviões Bombardier CRJ-900, modelos que concorrem com o C919 e o ARJ21, respectivamente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA