Top Gun Maverick aeronaves capa
De clássicos da Segunda Guerra Mundial a jatos hipersônicos. Conheça os aviões que veremos em Top Gun: Maverick.

Estamos há duas semanas do lançamento de Top Gun: Maverick nos cinemas brasileiros. Os 36 anos de espera dos apaixonados por aviação estão chegando ao fim, na mesma medida que a ansiedade para o filme também cresce.

O novo longa metragem trará imagens reais de aeronaves de combate da Marinha dos EUA, voadas (mas não pilotadas) pelo elenco do filme, liderado por Tom Cruise. No entanto, teremos outros aviões bem interessantes em Top Gun: Maverick, desde um clássico da Segunda Guerra Mundial a um jato hipersônico. 

Vamos conhecer as aeronaves que veremos nas telas do cinema, além de outras que poderão fazer alguma aparição.

Continua depois do anúncio

 

Boeing F/A-18E/F Super Hornet

Fora o elenco principal, o F/A-18 Super Hornet deverá ser um protagonista em Top Gun: Maverick. O modelo substituiu o F-14 Tomcat que esteve no primeiro filme de 1986 e também fará parte de novo longa-metragem. 

Fabricado pela Boeing, o Super Hornet deriva do F/A-18 Hornet mais antigo. A aeronave está em uso nos EUA e Austrália e também foi adquirida pela Força Aérea do Kuwait, que aguarda o recebimento de suas unidades.

Com a aposentadoria do F-14 em 2006, o Super Hornet se tornou o principal jato de combate da Marinha dos EUA, mas já está dividindo o deque dos porta-aviões com o moderno F-35C. 

Continua depois do anúncio
Imagem: Paramount Pictures.

Não se sabe o número exato de Super Hornets usados nas filmagens, mas pelo menos três aviões — dois F/A-18E de assento único e um F/A-18F de dois lugares — foram customizados especialmente para o filme, recebendo uma pintura azul e preta no dorso e no tanque de combustível externo.

Depois das filmagens, a Marinha dos EUA transferiu dois dos aviões para os Blue Angels, sua equipe de demonstração aérea. Os atores voaram no assento traseiro dos F/A-18F, mas várias cenas com aviadores da própria Marinha foram gravadas no F/A-18E. 

 

Grumman F-14A Tomcat 

O clássico Tomcat estará de volta em Top Gun: Maverick. O jato que protagonizou o filme de 1986 ao lado de Tom Cruise e Val Kilmer voltou aos céus para o filme, mas com ajuda de Computação Gráfica. 

Continua depois do anúncio

Por 32 anos o F-14 foi o caça de maior performance da Marinha dos EUA, podendo ultrapassar Mach 2 (duas vezes a velocidade do som), mas seu serviço nos Estados Unidos chegou ao fim em 2006. No entanto, o modelo ainda segue em serviço no Irã, único país para o qual foi exportado. 

F-14 Top Gun: Maverick
Novo teaser reforça presença do F-14 em Top Gun: Maverick.

Ainda que ele não tenha voado de verdade como o Super Hornet, um F-14 real foi sim usado durante as gravações. A Paramount Pictures, produtora do filme, “pegou emprestado” o F-14A Tomcat de matrícula 159631, que estava preservado no Museu Aeroespacial de San Diego.

Top Gun Tom Cruise F-14
F-14 no primeiro filme de 1986.

O avião chegou a ser levado para o porta-aviões nuclear USS Theodore Roosevelt, que estava ancorado em San Diego, onde foi gravado com as barreiras de pouso de emergência içadas.

Continua depois do anúncio

Acredita-se que o modelo aparecerá no filme de alguma forma com a facção inimiga, por conta dos adesivos aplicados tanto no brinquedo promocional quanto no próprio avião usado nas filmagens. Apesar de questionada, a presença do F-14 no novo filme está clara desde os primeiros trailers e foi reforçada nos últimos teasers, como destacamos nesta matéria recente

 

North American P-51 Mustang

Quando se fala em aviação na Segunda Guerra Mundial, o nome Mustang sempre está entre os destaques. O P-51 é certamente o caça mais famoso usado pelos EUA naquele período, muito reconhecido por sua performance, design e a nobre missão de escoltar bombardeiros. 

Continua depois do anúncio

Apesar de Top Gun se tratar de uma produção sobre aviadores navais, o P-51 na verdade era uma aeronave da então Força Aérea do Exército dos EUA. Ainda assim, o clássico monomotor estará no filme como o avião pessoal de Maverick. 

Mais interessante ainda é que o P-51 pertence ao próprio Tom Cruise. Registrado como N51EW, este Mustang foi fabricado em 1944 em Dallas como um P-51K, sendo mais tarde convertido para a versão F-6K de reconhecimento fotográfico. 

Tom Cruise com seu P-51 Mustang

A aeronave foi restaurada em 1997 e adquirida pelo astro de cinema anos depois, que o rebatizou como “Kiss me Kate”, em homenagem ao sua ex-esposa e também atriz Katie Holmes. A aeronave também recebeu um segundo assento. 

Cruise pode até não ter pilotado os jatos supersônicos da Marinha, mas voou bastante o seu próprio caça da Segunda Guerra, tanto nas gravações do filme quanto no clipe de Hold My Hand, de Lady Gaga, a canção tema de Top Gun: Maverick.

Ele também voou com a atriz Jeniffer Connelly, que fará o papel de Penny Benjamin, par romântico de Maverick e uma forte referência ao primeiro filme. A atriz contou que Tom lhe ajudou a superar seu medo de voar durante as filmagens.

 

Darkstar

No novo filme, Maverick atua como um piloto de testes e voa uma aeronave secreta chamada Darkstar. Pouco se sabia sobre o avião até o surgimento de spoilers, trailers e o clipe de Lady Gaga. É provável que este seja um dos primeiros aviões que veremos no filme.

Top Gun maverick SR-72 hipersônico

A primeira imagem clara da aeronave secreta foi divulgada, na verdade, pela fabricante de motos Kawasaki, que produz as motocicletas Ninja usadas nos dois filmes. 

É possível observar que o jato fictício tem seu desenho inspirado no Lockheed SR-72, um projeto que seria substituto do lendário SR-71 Blackbird, a aeronave mais rápida já feita em linha de produção.

Top Gun Moto Darkstar
Fabricante de motos mostrou a clássica Ninja GPZ 900R ao lado do misterioso avião. Foto: Kawasaki/Divulgação.

Por incrível que pareça, não é uma coincidência: engenheiros da Skunk Works, a divisão de projetos secretos da Lockheed Martin, ajudaram a Paramount a desenhar e construir o Darkstar. A aeronave ficou tão realista que a China chegou a redirecionar um satélite para espioná-la.

 

Sukhoi Su-57 Felon

Uma das participações mais surpreendentes é a do Su-57 Felon, o primeiro e único caça de 5ª Geração em serviço pela Rússia em.

Durante muito tempo havia um mistério sobre qual seria o caça inimigo em Top Gun: Maverick. No filme de 1986, caças F-5E/F Tiger II da própria Marinha dos EUA foram pintados de preto e receberam marcações similares às da URSS para representarem os MiG-28, um modelo fictício.

Su-57 Top Gun Maverick Rooster
Rooster, a bordo do Tomcat, olha para o Su-57.

Logicamente a então União Soviética não iria emprestar caças para um filme e a Rússia não faria o mesmo. A produtora fez o avião através de computação gráfica e sua primeira aparição foi num trailer publicado por uma rede de cinemas da Eslovênia, onde é possível ver o jato sendo derrubado pelo clássico Tomcat, algo que também vem gerando polêmica entre os entusiastas. 

Em outra recente publicação, o Su-57 serve de fundo para uma imagem do personagem Coyote, vivido pelo ator Greg Tarzan Davis. 

 

Bônus: F-35B/C

Apesar de não ter aparecido em nenhum trailer de Top Gun: Maverick, acredita-se que o F-35 Lightning II possa ser visto no filme. O jato stealth está entre os brinquedos promocionais oficiais para o filme, produzidos pela Matchbox, uma divisão da Mattel. 

A Marinha dos EUA opera o F-35C a bordo de seus porta-aviões. Todavia, o brinquedo representa um F-35B, de pouso e decolagem vertical, usado pelo Corpo de Fuzileiros. 

Buy MB Matchbox TopGun Maverick Lockheed Martin F35 B 515 Online in  Vietnam. B0897YM37F