Clássico C-17 Globemaster III da USAF pousa nas cidades de Brasília e São Paulo

Boeing C-17 Globmaster III da USAF

Um cargueiro da USAF C-17 Globemaster III pousou na capital federal Brasília-DF, por volta das 22h desta quinta-feria (26). A aeronave como de costume chegou quase que de surpresa no Aeroporto Internacional de Brasília.

A aeronave ficou aproximadamente 1 hora no pátio da ALA-1 e depois seguiu para o Aeroporto de Internacional de Guarulhos-SP, onde ainda permanece.

C-17 Globemaster III decolando de Brasília, em agosto de 2018

O real motivo da vinda do avião é desconhecido, no entanto, a passagem por Brasília pode estar ligada a entrega de suprimentos à Embaixada dos EUA, periodicamente um C-17 vem a Brasília trazer tais suprimentos a sede da diplomacia dos EUA no Brasil.

Contudo, o motivo da ida do avião a São Paulo é desconhecida. Segundo informações não oficiais, o avião deve decolar de Guarulhos manhã neste sábado, dia 27.

O C-17 Globemaster:

C-17 Globemaster III da U.s Air Force- Foto: USAF

O famoso C-17 entrou em serviço na USAF em 1993, a aeronave é uma aposta da Boeing para um bom transportador que está entre um C-130 Hércules e um C-5 Galaxy. Hoje a USAF tem dezenas destas aeronaves que praticamente voam ao redor do globo todos os dias.

Entre suas principais características estão o transporte logístico de cargas, soldados e paraquedistas, transporte de veículos, como jipes e tanques, bem como de helicópteros. A capacidade máxima de cargas é de 27,216Kg.

 

O avião pode operar em pistas não pavimentadas, algo que já aconteceu no Oriente Médio, em missão no Iraque e Afeganistão.

Outra função desempenhada pelo C-17 é o transporte dos carros da comitiva presidencial norte-americana para atender em qualquer lugar do mundo o presidente dos EUA em suas viagens oficiais

 

Uma outra característica da aeronave sao suas operações táticas, como por exemplo, essa rápida decida de nível.

Hoje, além da USAF algumas outras forças aéreas operam a aeronave, entre elas o Reino Undo, Austrália , Emirados Árabes Unidos, Canadá, Catar, Índia e Kuwait.