O Tupolev Tu-154 realizou nesta quarta-feira (28) o seu último voo em uma operação civil, transportando passageiros de Mirny para Novosibirsk, através da companhia Alrosa.

O voo RA-85757 foi realizado por quatro tripulantes, sendo dois pilotos, um navegador e um engenheiro de voo. Por ser um avião de concepção antiga, lançado em 1968, a aeronave necessita dessa quantidade de tripulantes no cockpit.

Além disso, cerca de 141 passageiros estavam a bordo do clássico avião russo.

O avião responsável por este último voo civil tem a matrícula RA-85757, e está operando voos pela mesma companhia pelo menos desde 2002. O avião, no entanto, foi fabricado e entregue em 1992 para a Aeroflot, que poucos anos depois repassou o avião, em uma reformulação da sua frota.

Alrosa diz que o trimotor está operando em sua rede desde junho de 2002 e continua sendo “uma das aeronaves mais confiáveis ​​e rápidas” de sua frota.

Veja algumas fotos do último voo Clicando Aqui.

A companhia acrescentou que, apesar de seus 18 anos de serviço com a Alrosa, sua utilização foi modesta, acumulando 27500 horas de voo e transportando 160000 passageiros.

O Tupolev Tu-154M permanecerá no aeroporto de Tolmachevo até que seja tomada uma decisão sobre seu futuro. O Tu-154 é um dos modelos mais populares da União Soviética, e se destaca por ser um avião totalmente projetado e produzido com tecnologias da URSS.

Confira abaixo uma clássica decolagem do Tu-154M com o som dos motores soviéticos Soloviev D-30KU:

 

DEIXE UMA RESPOSTA