F-16 Fighting Falcon- Foto: Lockheed Martin (Imagem Ilustrativa)

(Reuters) A Colômbia está analisando propostas dos Estados Unidos, Espanha e Suécia para substituir seu antigo avião militar, informou a força aérea do país sul-americano nesta terça-feira.

Substituindo cerca de 20 aviões de combate Kfir israelenses, que a Colômbia comprou três décadas atrás, pode custar mais de US$ 1 bilhão, disseram à Reuters fontes da Força Aérea, que não tinham autorização para falar publicamente.

JAS39 Gripen/ Foto: SAAB Twiter (Foto Meramente Ilustrativa)

“Diferentes países, incluindo Espanha, Suécia e Estados Unidos, fizeram propostas formais à Colômbia para substituir o esquadrão“, disse a Força Aérea em um comunicado.

“Aviões como o Saab Gripen, o Eurofighter e o F-16 estão sendo avaliados, um processo que permitirá que a Força Aérea apresente recomendações para a tomada de decisões no momento que o governo determinar”, acrescentou o comunicado.

Eurofighter
Eurofighter Typhoon. (Imagem ilustrativa)

Apesar das limitações orçamentárias, o presidente Ivan Duque disse que é a favor da modernização do equipamento militar do país.

DEIXE UMA RESPOSTA