Com ações voltadas para o cliente, Hurb conquista primeiro lugar no relatório do Reclame Aqui durante a pandemia

Foto - Divulgação

Com a chegada do novo coronavírus no Brasil, diversos setores da economia sofreram com os impactos ocasionados pelo isolamento social.

A dinâmica da relação empresas x cliente sofreu inúmeras mudanças, como aponta um recente estudo do Instituto Reclame Aqui, site brasileiro de reclamações contra empresa sobre atendimento, compra e venda de produtos e serviços.

O relatório mostra a jornada do consumidor antes e pós- pandemia. O Hurb, agência online de viagens líder nacional, foi uma das empresas no segmento de turismo que se destacou positivamente, apresentando uma excelente capacidade de adaptação e reação durante a crise, principalmente no que se refere a problemas com o reembolso e cancelamentos de viagens.

A agência online de viagens conquistou o primeiro lugar nos indicadores solução dos problemas e índice de satisfação (se o cliente voltaria fazer negócios com a empresa). Veja quadro abaixo:

 

O Hurb ficou à frente de marcas como CVC, Booking.com, Decolar.com e Viajanet. No comparativo do estudo, são englobadas as categorias: agência de viagens, aeroportos, companhias aéreas, companhias marítimas, hotéis, passeios turísticos, pousadas, resorts e ônibus rodoviários.

No índice de solução de problemas, o Hurb subiu de 79,22% para 84,78%, sendo considerada a melhor no segmento de turismo nesse quesito. Por outro lado, agência virtual Decolar caiu de 72% para apenas 36,77% .

Enquanto o Hurb apresenta a taxa de resposta ao consumidor em até 3 dias, a última demora em média 15 dias para apresentar uma solução. Entre os dados analisados ainda no estudo, foi registrado um crescimento no número de reclamações feitas pelos consumidores no site do RA com relação ao atendimento e solução dos problemas por parte das empresas.


No mês de abril, por exemplo, houve um crescimento de 55% do número de reclamações em relação ao mesmo período ano passado e o site do reclame aqui passou de 770 mil para 1 milhão de acessos diários.

 

Via: Hurb

DEIXE UMA RESPOSTA