Boeing 737 MAX Aerolineas Argentinas Argentina
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A Argentina alterou novamente as exigências para a entrada de turistas e cidadãos argentinos no país, após uma onda de Covid-19 que está levando o país ao novo patamar de recorde de casos.

Agora o Governo da Argentina está exigindo, para adentrar as fronteiras do país, a apresentação de teste do tipo RT-PCR realizado pelo menos 72 antes do voo, e com resultado negativo para Covid-19. Além disso, o turista deve preencher um documento no site do governo, que você pode conferir Clicando Aqui.

Detalhe, o teste deve ser apresentado por qualquer pessoa acima de 6 anos de idade.

O Governo também solicitou que um novo teste seja realizado pelo passageiro não vacinado, entre 3 a 5 dias após a sua chegada. O turista que está vacinado não precisa apresentar o resultado desse teste, nem realizá-lo.

O país infelizmente ainda não está exigindo a vacinação completa dos turistas que desejam entrar na Argentina.

Ao mesmo tempo algumas restrições estão sendo implementadas, como a restrição para não-vacinados participarem de eventos com aglomerações de pessoas. O Aeroporto Jorge Newbery, conhecido como Aeroparque, não está aceitando a entrada de não passageiros na área do terminal durante o horário de pico, entre 04h00 e 07h00 e também entre 16h00 e 19h00.

Nos últimos dias a Aerolíneas Argentinas, Flybondi e até mesmo a GOL estão retomando as conexões entre o Brasil e a Argentina. No final de dezembro a GOL voltou a realizar voos para Buenos Aires, e a low cost Flybondi voltou a operar para o Brasil nos últimos dias, atendendo três destinos por aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA