A ST Engineering assinou um contrato com a Vallair para converter nova aviões Airbus A321 em cargueiros, para a utilização na China.

Os aviões serão pela primeira vez convertidos nas instalações da ST Engineering em Guangzhou, na China, mesmo país onde esses aviões devem operar, além de outras unidades que serão direcionadas para países distintos.

“Estamos entusiasmados para iniciar a próxima fase de nossa conversão de aviões A321 de passageiros para cargueiros”, disse Gregoire Lebigot, CEO da Vallair. “O MSN 1017 será a primeira de nove aeronaves a ser reformada na China e este é um marco importante.”

As entregas serão iniciadas no 3º trimestre de 2021, sendo que o MSN 1017 será direcionado para a SmartLynx.

“A Vallair está muito interessada em apresentar o A321F ao mercado chinês, pois vemos um grande potencial para o cargueiro em seu setor ativo de comércio eletrônico.”

A conversão P2F dá capacidade para o A321 transportar 14 pallets de carga no deck principal, e mais 10 nos porões da aeronave. O peso máximo suportado pelo A321P2F é de 27,6 toneladas, nessa condição a autonomia máxima é de 3700 km, ideal para rotas de curta distância.

A conversão incorpora uma porta de carga principal extra grande, que é acionada hidraulicamente e trancada eletricamente. Além disso, o A321 P2F tem um piso reforçado, novos painéis de piso para operações de carga, com novo acabamento interno.

A cabine de comando foi reformulada, e une o cockpit com assentos e banheiro. O compartimento de carga é da classe E e está equipado com uma barreira rígida que suporta 9g, na separação do cockpit, com uma porta deslizante.

 

DEIXE UMA RESPOSTA