KLM
Foto - KLM/Divulgação

A KLM retomou no dia 23 (terça-feira) o transporte de brasileiros para a Holanda. Todavia, os passageiros devem ser médicos, tripulantes de companhias aéreas ou membros de equipes marítimas. 

Antes da nova regra, eram permitidos apenas passageiros de Amsterdã para o Brasil e os voos com destino ao país europeu eram apenas para transporte de cargas, explica a Folha de São Paulo. 

A companhia aérea opera um voo diário para São Paulo e quatro voos diários para o Rio de Janeiro. 

Na última semana, a KLM recebeu seu primeiro Embraer E195-E2.

A evolução da pandemia de COVID-19 no território nacional, além do surgimento de novas cepas, fez com que diversos países aplicassem restrições no tráfego aéreo com o Brasil no mês passado. 

Em quase todos os estados, os “números da pandemia” voltaram a subir.