Itapemirim
Foto: Autor desconhecido

Em recuperação judicial desde 2016, o Grupo Itapemirim no qual pertence ao empresário Sidnei Piva, dono também da ITA Transportes Aéreos, Piva abriu em 21 de maio deste ano uma empresa no Reino Unido avaliada em R$ 6 bilhões.

Conforme informações do Portal Congresso em Foco, a empresa fundada por Piva, a SS Space Capital Group, tem como foco atividades voltadas para serviços financeiros, fundos de investimento e investimentos imobiliários, incluindo investimento aberto. Outro ponto que chama a atenção é o fato da sede da empresa estar localizada em uma das ruas mais famosas de Londres: a 68 Lombard Street.

Apesar de Sidnei Piva possuir uma empresa saudável no exterior, no Brasil, o Grupo Itapemirim acumula dívidas trabalhistas e atrasos nos salários tanto na parte da viação quanto de aviação.

Recentemente, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) recebeu denúncias de funcionários da ITA Transportes Aéreos acerca da suspensão do Plano de Saúde, atrasos nos salários e FGTS não recolhido e a falta de transporte para Aeronautas. Além disso, a Câmara dos Deputados recentemente abriu uma discussão para debater os requisitos para a entrada de novas empresas no setor aéreo.

O deputado Roman (Patriota-PR), que solicitou a audiência, afirma que são necessárias mudanças nos normativos da Anac para vedar a entrada no mercado de empresas sem regularidade fiscal e com capital social inferior ao necessário para a atividade aérea.

Além dos atrasos e o descumprimento do pagamento dos funcionários do Grupo Itapemirim, no início de dezembro, um grupo de credores da Itapemirim pediram na justiça a falência do Grupo Itapemirim.

Em nota, o Grupo Itapemirim disse:

“O Grupo Itapemirim informa que se trata de um pedido sem fundamento jurídico, que ainda será analisado pela Justiça. O Grupo Itapemirim avalia que é mais um caso que tenta desestabilizar o processo de recuperação judicial, como em outras situações que já foram negadas pela Justiça. O Grupo Itapemirim reafirma que cumpre rigorosamente todas as cláusulas do plano e, inclusive, já solicitou o encerramento da recuperação judicial em 24 de maio e aguarda decisão da Justiça”.

Vale ressaltar que recentemente a Avianca Colômbia, já sob comando de novos acionistas, fundou uma empresa no Reino Unido para facilitar a captação de recursos no exterior. Logo, esta pode ser somente uma movimentação estratégica da Itapemirim.

 

Com informações: Congresso em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA