Com Vídeo: Aeroporto de Dubai agora utiliza cães para farejar o Covid-19 em passageiros

A Emirates está ansiosa para criar uma frota mais ampla para mais crescimento. Foto: Emirates

Os animais são seres vivos incríveis, donos de uma capacidade de raciocínio enorme e um melhor contato com a natureza. Mas os cães de modo especial tem um dom acima da média que se tornou algo essencial para a aviação no mundo todo.

O Aeroporto de Dubai inovou e colocou mais uma ferramenta contra o Covid-19 e muito rápida. Os cães fazem parte da unidade de Polícia de Dubai K9, foram realizados mais de 400 testes nas ultimas três semanas o que é impressionante como relata a Gulf News.

A unidade de Policia K9 faz parte da Inspeção de Segurança de Dubai, ela é comandada pelo Major Salah Khalifa Al Mazrouei. O Major explica que as amostras colhidas para apresentar aos cães são feitas em parceria com a Autoridade de Saúde de Dubai. Os cães farejam essa amostra para memorizar e detectar os vírus em passageiros no Aeroporto.

Quando um cão passa a farejar e detectar o vírus do passageiro ele faz uma busca impressionante em questão de segundos. Se o resultado da detecção for positivo o cão se senta em frente a amostra colhida do passageiro, se o processo de coleta e amostra por laboratórios demora alguns minutos entretanto com os cães levam segundos apenas farejando. 

Em nenhum momento o cão tem contato direto com o passageiro, todo o processo de farejamento e detecção é feito em uma sala isolada do Aeroporto.

“Os Emirados Árabes Unidos são os primeiros no mundo a usar cães policiais K9. Estamos em contato direto com especialistas no Reino Unido e na França para treinar nossos cães na detecção do vírus” , disse o Major Salah Khalifa Al Mazrouei, Diretor da Unidade K9 de Inspeção de Segurança da Polícia de Dubai.

Vídeo elaborado pela agência estatal de noticias de Dubai

Segundo relato de uma Escola Veterinaria da França, os cães da escola têm treinado para farejar traços do novo vírus desde março. A parte mais incrível dessa história é que, quando apresentada uma linha de amostras de suor, a maioria dos cães foi capaz de detectar um traço positivo de uma série de amostras negativas com 100% de precisão.


Quanto aos resultados em Dubai, as autoridades relatam que a detecção de casos de COVID-19 atingiu aproximadamente 91% na precisão geral. Uma conquista que ainda é incrivelmente impressionante.

 

DEIXE UMA RESPOSTA