Recentemente estourou no Youtube um vídeo onde o balão meteorológico, equipado com uma GoPro, encontra um Airbus A319 da Delta Airlines voando a mais de 38 mil pés, o que resulta em mais de 11 km de altitude. O balão está estático, e portanto gravou o avião da Delta que passou rasgando a quase 900 km/h, é possível até ouvir o som dos motores no vídeo.

A aeronave estava fazendo uma rota de Boston para Detroit, já o balão esperava analisar apenas a camada de nuvens. O voo do balão foi até 100 mil pés, partindo de Rochester, em New York, e pousando em Syracuse, também em Nova York.

O responsável pelo balão afirmou que seguiu todas as normas da FAA, de acordo com a seção 101, e que os NOTAMs foram emitidos para o momento em que o balão estava em voo. Vale lembrar, os balões necessariamente precisam ter um refletor de ondas, para identificar sua presença no radar.

Imagem – Felipe Caixeta/Via FR24

Recentemente um grupo da minha universidade lançou um balão com intuito de atingir a estratosfera, e foi um sucesso, acima está a imagem das aeronaves realizando o desvio reportado em NOTAM, com reaviso do controle de tráfego aéreo (CINDACTA).

 

Veja o vídeo abaixo:

 

E em outro vídeo o balão também encontrou um Boeing 777 nos 40 mil pés: