No último dia 10 de setembro o primeiro Gripen E da FAB ou F-39 com será chamado no Brasil foi apresentado a autoridades brasileiras, como o Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Bermudez. A cerimônia marcou a entrega do Gripen brasileiro para os ensaios de voos.

Antes da cerimônia na parte interna o Gripen E do Brasil fez um voo de demonstração aos convidados presentes.

Caça Gripen E (F-39) ao fundo. Na frente as autoridades da SAAB Suécia e do Brasil (notar o Ministro da Defesa Fernando Azevedo e o Comandante Ten.Brig Bermudez- Foto: Twitter da SAAB

Após o primeiro voo que aconteceu no último dia 27, o F-39 passará por inúmeros testes de sensores, testes de voo e armas. Inclusive no próximo ano o caça virá ao Brasil para dar continuidade aos testes. Com tudo vale ressaltar que a entrega do caça à Força Aérea Brasileira ocorrerá conforme o planejamento em 2021 e os primeiros caças Gripens fabricados no Brasil deverão ser entregues no ano de 2024.

Gripen E da FAB decolando para seu voo inaugural-Foto; SAAB

O Brasil terá 6 empresa envolvidas no desenvolvimento do caça, uma delas é a Embraer que irá construir algumas unidades do Gripen na unidade de Gavião Peixoto e a AEL Systems, que desenvolveu a tela WAD de tamanho único que irá facilitar bastante o trabalho do piloto. A tela inclusive foi motivo de interesse por parte da Força Aérea da Suécia que irá adotar a mesma para seus Gripens E.

Gripen E da FAB decolando da fábrica da SAAB para seu primeiro voo- Foto: SAAB

Ao todo serão 36 unidades do Gripen E/F (Os Gripens F serão biplace), os caças ficarão sediados na ALA 2 em Anápolis-GO sob coordenação do 1º GDA. A ALA 2 também será o lar do KC-390, sendo que um já foi entregue na última semana e também dos E-99M (Modernizados).

 

DEIXE UMA RESPOSTA