Jatos CT-114 dos Snowbirds

Uma aeronave do Snowbirds, um esquadrão de demonstração da Força Aérea Canadense, caiu ontem (17) após a decolagem do aeroporto da cidade de Kamloops, Colúmbia Britânica, no oeste do Canadá.

Antes de cair os dois ocupantes a bordo, o capitão Richard MacDougall e a capitã Jennifer Casey, conseguiram se ejetar, mas a capitã Jennifer Casey veio à falecer devido ao choque com o solo.

No vídeo abaixo é possível ver a decolagem de dois CT-144, e é perceptível que um deles logo faz uma subida e após começa a perder altitude, entrando no que parece ser um parafuso, antes do choque os dos ocupantes se ejetam da aeronave.

Há suspeitas que o sistema de paraquedas do assento que a capitã estava não acionou após a ejeção.

A confirmação do óbito da capitã Jennifer Casey foi através de um comunicado da Força Aérea do Canadá.

Já o capitão, Richard MacDougall foi levado ao hospital e se encontra em estado grave, mas “sem risco de vida”, publicou um comunicado oficial da equipe do Twitter.

As investigações do acidente deverão começar o quanto antes para concluir o que levou a queda do jato CT-144 do time canadense.


A capitã Jennifer Casey, de Halifax, Nova Escócia, Canadá, ingressou nas Forças Canadenses em 2014. Ela trabalhou como oficial de relações públicas dos Snowbirds desde novembro de 2018.

A capitã Casey era bacharel em artes pela Dalhousie University, bacharel em jornalismo pela University of King’s College e mestre em estudos interdisciplinares pela Royal Roads University.

Antes de ingressar nas Forças Canadenses, Jennifer Casey trabalhou como “Repórter, âncora e produtora do NEWS 95.7 em Halifax, uma estação irmã do NEWS 1130”, de acordo com um relatório no site local citynews1130.com.

capitã Jennifer Casey- Foto: via CF Snowbirds

Em menos de um ano esse já é o segundo acidente com uma aeronave dos Snowbirds. Em outubro de 2019, um outro CT-144 caiu após perder força no motor, o piloto em questão se ejetou sem maiores problemas.

O CT-144 é uma aeronave da década de 1960, o jato de fabricação canadense foi o principal treinador de pilotos canadenses até a introdução do Textron Beechcraft T-6 (designado CT-156 no Canadá) e pelo BAE Systems Hawk (designado CT-155).

 

DEIXE UMA RESPOSTA