Com vídeo: FAB transporta suprimentos e materiais hospitalares para Manaus e Macapá

Foto: FAB

Uma aeronave C-130 Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), realizou, entre esse domingo (03/05) e segunda-feira (04/05), ação de Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19.

O avião, pertencente ao Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1°GT) – Esquadrão Gordo, transportou 11,86 toneladas de materiais hospitalares, do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) para Manaus (AM) e Macapá (AP). A missão foi designada pelo Ministério da Defesa, em ação coordenada com o Ministério da Saúde.

O FAB 2473 decolou da Ala 11 – Base Aérea do Galeão (RJ), às 12h30 (horário de Brasília) e pousou na Base Aérea de São Paulo (BASP), em Guarulhos, às 13h30 (horário de Brasília) transportando 1.650 kg de medicamentos e máscaras do tipo face shield. Em Guarulhos, a aeronave carregou mais 10.218 kg de materiais de saúde, sendo 7.798 kg de álcool em gel destinados a Manaus e 2.420 kg de Equipamentos de Proteção Individual, testes rápidos sars-cov2, respiradores de UTI e de transporte, que foram destinados a Macapá. Parte dos materiais foi doada pelo Hospital Albert Einstein.

A aeronave decolou de Guarulhos às 15h15 e pousou na Ala 8 – Base Aérea de Manaus às 20h45, onde parte da carga foi entregue. Já na segunda-feira (04), o FAB 2473 decolou às 10h40 de Manaus com destino a Macapá, local de desembarque de 2.820 testes rápidos, 14 respiradores de UTI, seis respiradores de transporte, além de  máscaras, toucas hospitalares descartáveis, álcool em gel, aventais e protetores faciais. A aeronave pousou na capital amapaense às 13h00 (horário de Brasília).

O material foi entregue à Secretaria de Saúde de Macapá, com o objetivo de auxiliar no enfrentamento à pandemia.

Foto: Divulgação FAB

O Comandante do C-130, Major Aviador Rosemberg Gomes da Silva, avalia que a missão é uma oportunidade para o combate à pandemia. “É com muita satisfação que cumpro essa missão. Esse material que transportamos será de grande valia para as pessoas atendidas”, enfatizou.

Para o Sargento Rodrigo Jorge Vieira Lima, que desempenha a função de mecânico da aeronave, é uma grande honra participar de uma missão de âmbito nacional. “Não há palavras para descrever o orgulho que sinto em poder ajudar as pessoas da região norte, que tanto necessitam desses insumos que transportamos”, declarou.


OPERAÇÃO COVID-19

A Operação COVID-19, coordenada pelo Ministério da Defesa, mobiliza militares por todo o Brasil. Homens e mulheres das Forças Armadas atuam no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus, em apoio à população.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, distribuição de kits de alimentos para pessoas de baixa renda, entre outras. Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em 10 Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica), que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

Via: Força Aérea Brasileira

DEIXE UMA RESPOSTA