Foto: Hi Fly

A Hi Fly foi a 4ª companhia aérea europeia e a 14ª companhia global a voar nesta magnífica aeronave, tornando-se também a primeira companhia aérea de leasing com um A380 e inaugurando seu mercado de segunda mão.

O modelo icônico se alinhava perfeitamente à preocupação com a sustentabilidade da empresa, podendo transportar mais pessoas com menos impacto ao meio ambiente, pois combinava o transporte de passageiros em massa com tecnologias eficientes, resultando em uma menor pegada de carbono por passageiro e por quilômetro.

O Hi Fly A380 apoiou a campanha “Save the Coral Reefs” da Fundação Mirpuri e levou a mensagem aos cinco continentes, aumentando a conscientização para uma luta sem precedentes para impedir a destruição de nossos oceanos.

A libré era composta por um lado pintado em azul escuro exibindo corais destruídos, contrastando com um azul claro do outro lado representando um oceano intocado, com imagens de vida marinha colorida e saudável.

Esta campanha também foi exibida para mais de 400.000 visitantes no famoso Farnborough Air Show 2018 e no Paris Air Show 2019.

A aeronave “Save the Coral Reefs” quebrou recorde:
– Foi o primeiro A380 a conectar Londres a Nova York
– Operou o mais longo voo doméstico sem escalas do mundo, de St. Denis para Paris
– Sua campanha de marketing recebeu um prêmio duplo da revista Global Transport Finance
– Foi o primeiro a pousar em Wuhan, China, após o surto de coronavírus
– Concluiu uma missão humanitária à volta do mundo que durou quatro dias, com início e fim em Beja, Portugal. Percorreu 3.1047km em um tempo de vôo de 33 horas e 45 minutos com escalas em Tianjin e Santo Domingo.

O A380 da Hi Fly foi o primeiro a ser convertido para a versão de carga, removendo assentos econômicos para atender às altas demandas durante a crise Covid-19. Era capaz de transportar 68 toneladas e ofereceu 340m3 de capacidade de volume. Além disso, ele poderia voar direto por mais de 17 horas. Essa combinação de volume, carga útil e alcance o tornou único para o transporte de cargas.

 Foto: Hi Fly

A aeronave fez um show com um sobrevoo sobre o Aeroporto de Lisboa e também sobre o Algarve, onde Moradores e veranistas de praia puderam avistar o rei dos céus, chamando a atenção para a sua mensagem ambiental “Salve os Recifes de Coral” , o A380 foi uma das aeronaves mais fotografadas e amadas por observadores e spotters em todo o mundo.

E foi o primeiro A380 a pousar em:
• Beja (23/07/2018)
• Oslo (2/08/2018)
• Reunião (25/08/2018)
• Diass (14/04/2019)
• Antananarivo (30/06/2019)
• Cairo (07/07/2019)
• Caracas (14/07/2019)
• Buenos Aires (23/07/2019)
• Dalaman (23/09/2019)
• Enfidha (24/09/2019)
• Las Palmas (27/09/2019)
• Santo Domingo (16/05/2020)

A serviço da  Hi Fly, a aeronave percorreu 53 aeroportos diferentes, em 33 países e 4 continentes.
1. Abidjan
2. Abu Dhabi
3. Antananarivo
4. Atenas
5. Baku
6. Bangkok
7. Beja
8. Boston
9. Buenos Aires
10. Cairo
11. Cancún
12. Caracas
13. Châteauroux
14. Copenhagen
15. Dalaman
16. Diass
17. Dresden
18. Enfidha-Hammamet
19. Farnborough
20. Glasgow
21. Hamburgo
22. Hanói
23. Istambul
24. Istres
25. Jeddah
26. Kuala Lumpur
27. Larnaca
28. Las Palmas
29. Londres Gatwick
30. London Stansted
31. Madrid
32. Malta
33. Manchester
34. Montreal
35. Nova York
36. Legal
37. Orlando
38. Oslo
39. Palma de Maiorca
40. Paris-Châlons Vatry
41. Paris-Charles de Gaulle
42. Paris-Le Bourget
43. Ilha da Reunião
44. Roma
45. Santo Domingo
46. ​​Seul
47. Shangai
48. Singapura
49. Estocolmo
50. Tarbes
51. Tianjin
52. Toulouse
53. Wuhan

Das 15 atuais operadoras do A380 no mundo, a Hi Fly foi a primeira companhia aérea na Europa e a segunda no mundo em número de destinos de pouso. Essa conquista foi alcançada em apenas dois anos.

Via: Hi Fly

DEIXE UMA RESPOSTA