Bombardeiro XB-70 Valkyrine e outras aeronaves no Museu Nacional da USAF- Foto: Museu Nacional da Força Aérea dos EUA

O icônico e único bombardeiro Valkyrie XB-70 foi retirado do grande hangar do Museu Nacional da Força Aérea dos Estados Unidos em Dayton, Ohio.

A retirada do grande XB-70 foi necessária para que fosse possível fazer algumas manutenções no grande hangar que além do XB-70, guarnece outras icônicas aeronaves da USAF.

A equipe do Museu gravou um vídeo mostrando a retirada do grande bombardeiro norte-americano.

 

O XB-70 Valkyrie com todo o respeito, é um dinossauro da aviação, seu projeto é da época da Guerra Fria e o Valkyrine tinha como objetivo fazer ataques na URSS e voltar em segurança, para isso ele voa bem alto, algo em torno dos 70.000 pés, além disso, o XB-70 podia alcançar velocidades de Mach 3.1, graça aos seus seis motores.

No entanto, o Valkyrine não chegou a ser utilizado na Guerra Fria, as autoridades norte-americanas observaram vários problemas, como por exemplo, o alto valor para operar essa aeronave e a dificuldade em si da operação.

Detalhes internos do XB-70 Valkyrine:

Mas o fim do grande bombadeiros foi trágico e digno ao mesmo tempo. Ao todo foram construídos dois Valkyrine, um deles acabou colidindo com um avião de perseguição em 1966.


Já o outro foi utilizado como aeronave de pesquisa e cumpriu tal função até sua aposentadoria, o que rendeu sua ida para o Museu Nacional da Força Aérea dos EUA.

Apresentação do bombadeiro XB-70 Valkyrine em 1964- Foto: HULTON DEUTSCH GETTY IMAGES

Para fazer um tour virtual no Museu Nacional da USAF e em outros museus de aviação militar nos EUA, clique aqui!

Fonte de apoio: The Aviationist/ Edições: Aeroflap

 

DEIXE UMA RESPOSTA