COMAC C919
Comac C919

O novo jato de passageiros chinês está cada vez mais alcançando sua certificação operacional. O novo Comac C919 concluiu seus testes em temperaturas extremamente baixas neste último fim de semana. 

O local escolhido para os testes foi a cidade de Hulunbuir no Norte da China, as temperaturas na cidade podem chegar a uma média de -25º. O primeiro voo de teste partiu do Aeroporto Internacional Hulunbuir Dongshan com destino ao Aeroporto Dongying Shengli.

Os testes duraram por volta de 23 dias, entre decolagens e pousos foram avaliadas as condições da aeronave. Foram verificadas as reações dos componentes da aeronave diante de uma temperatura muito baixa. Os testes foram feitos em parceria com o Centro Meteorológico, que ajudou a dar previsões e condições de clima para os eventos.

Os testes são realizados por todas as fabricantes de aeronaves para garantir que a aeronave possa operar em todas as condições climáticas extremas. Com uma temperatura muito baixa, algumas partes do avião podem quebrar ou rachar. Foram verificadas também as condições das peças quanto a sua durabilidade após os voos de teste.

O Comac C919 chega ao mercado para concorrer com os já populares Boeing 737 e Airbus A320. Com capacidade para levar entre 156 e 168 passageiros para um alcance de 2.200 milhas e um teto operacional de 39.800 pés. 

A OTT Airlines deverá ser a cliente lançadora do avião chinês que tem 305 pedidos firmes. A primeira aeronave poderá ser entregue esse ano a depender de todo o processo de testes e certificação operacional.

DEIXE UMA RESPOSTA