O A330-343 de matrícula TC-LOL que pousou fora da pista em dezembro de 2019. Foto: Bureau de Investigação de Acidentes da Nigéria

Investigadores nigerianos determinaram que os comandos do piloto fizeram com que um Airbus A330 da Turkish Airlines pousasse à direita da pista do Aeroporto Internacional de Port Harcourt, o que causou danos à aeronave e ao sistema de iluminação. 

No noite de 31 de dezembro de 2019, o A330-343 matrícula TC-LOL estava chegando de Istanbul no aeroporto que serve à Capital do estado de Rios, na Nigéria, aproximando-se para a pista 21 em um procedimento ILS (pouso por instrumentos). 

Segundo o Bureau de Investigação de Acidentes da Nigéria, a aeronave foi submetida a um “flare não convencional”, com o piloto em comando aplicando vários comandos de nariz para cima e nariz para baixo e de aileron direito nos últimos 100 pés da descida. Isso fez com que o jato desviasse para a direita da linha central. O inquérito afirma que o piloto, ao invés de corrigir com um giro para a esquerda, aplicou o leme esquerdo nos últimos 45 pés para o toque na pista.

“O objetivo era deter o desvio lateral e mudar a trajetória da aeronave que já estava se desviando progressivamente para a direita”, acrescenta. “Esta aplicação do leme esquerdo não alterou a trajetória da aeronave, mas foi capaz de impedir que o desvio lateral aumentasse ainda mais”.

Trem de pouso principal do TC-LOL. Foto: Bureau de Investigação de Acidentes da Nigéria
Como resultado, o A330 pousou à direita da linha central a cerca de 612m das marcas da cabeceira da pista, com o trem de pouso principal do lado direito cruzando a borda lateral da pista 27m após o toque, atingindo três luzes antes de retornar à pista a uma distância de 1037 m da cabeceira e recuperar a linha central a 1478m.
 
 

Os investigadores afirmam que um dos pneus principais estava desinflado, com lonas desfiadas, enquanto os outros estavam riscados. Amassados ​​foram encontrados nos flaps internos e no interior do motor Rolls-Royce Trent 700 direito, mas nenhum dos 295 ocupantes ficou ferido.

 

DEIXE UMA RESPOSTA