Airbus A320neo da Lufthansa. Foto - Lufthansa

(Reuters) – Uma greve de dois dias dos comissários de bordo da Lufthansa está programada para começar na quinta-feira (07/11), depois que um tribunal alemão decidiu contra tentativas da maior companhia aérea da Alemanha de impedir a paralisação.

A greve, disparada em meio a pedidos de reajuste salarial e pensões, vai provocar o cancelamento de 1300 voos e afetar 180 mil passageiros, afirmou a companhia aérea.

O volume representa um a cada cinco dos 6 mil voos planejados pela Lufthansa para o período.