Como esta companhia aérea com três aviões vende US$ 1 bilhão em passagens por ano?

Com somente três jatos executivos, muitos diriam que é quase impossível ter um faturamento por volta dos 1 bilhão de dólares ao ano, mas a empresa de taxi-aéreo Hanh Air, da Alemanha, não é todo mundo.

O segredo da empresa é um pouco simples, operando com dois aviões Cessna Citation Sovereign, de 12 assentos, e um Cessna CitationJet CJ4, para nove passageiros, a empresa garante sua receita através de parcerias.

A Hahn Air vende passagens em nome de outras companhias aéreas, totalizando 350 companhias aéreas parceiras, e serviços extras para o passageiro, que garantem um bom incremento na receita da empresa.

Seu produto, o H1-Air, permite que as companhias aéreas com conexões GDS limitadas ou inexistentes sejam reservadas sob o código H1 por mais de 100.000 agências de viagens no mercado, em 190 países.

Assim é possível comprar um bilhete da Lufthansa e acabar em um voo regional da United Airlines nos EUA.

E a Hahn Air continua a ultrapassar os limites do que está fazendo, apenas na semana passada se tornando a primeira companhia aérea a operar um voo usando bilhetes baseados em blockchain, através de uma tecnologia própria onde ela domina na área de TI.

A companhia tem até mesmo um pacote que oferece seguro do bilhete, em caso de falência a companhia aérea. Algo bastante útil para este ano.


 

DEIXE UMA RESPOSTA