TBM Avenger
Foto: Matt Williams

No último sábado(17), um TBM Avenger se apresentava no Cocoa Beach Air Show na Flórida, entretanto um problema no motor da aeronave forçou o piloto a pousar no mar. As investigações já iniciaram para apurar as possíveis falhas na aeronave. 

Durante o pouso no mar, a aeronave passou próximo de pessoas que banhavam naquele momento e se assustaram com o pouso do TBM Avenger. A aeronave teve danos significativos e não se sabe quando poderá voltar a voar, ou se realmente ainda vai voar novamente. 

“A única pessoa a bordo do avião era o piloto. Quando ele percebeu que o avião estava com problemas de motor, ele inicialmente tentou chegar à base da Força Espacial Patrick, onde o show aéreo estava acontecendo. Por fim, o piloto mudou de ideia e decidiu fazer um pouso na água para evitar passar por cima de prédios e da Florida State Road A1A.” Disse Chris Dorato, Porta-voz da Cocoa Beach Air Show.

Foto: Matt Williams

Após o pouso, o piloto foi levado para o hospital apenas para exames de verificação pois não havia sinais de ferimentos graves. O piloto foi amplamente elogiado pela sua habilidade ao pousar o TBM Avenger sem causar ferimentos aos banhistas e principalmente mantendo a sua proteção. 

O TBM Avenger é uma aeronave que possui uma fuselagem mais rígida, pois originalmente é uma aeronave militar para combate em guerras. O projeto é de 1945 e até hoje ainda possui diversas aeronaves com bom estado de conservação e voando em shows aéreos principalmente nos EUA.

O um avião torpedeiro fabricado pela General Motors, variante do TBF Avenger desenvolvido originalmente pela Grumman. O modelo foi extensivamente usado na Segunda Guerra Mundial, principalmente pela Marinha dos EUA, a bordo de seus vários porta-aviões. 

Entre 1960 e 1965 a Marinha do Brasil usou três TBM-3E Avenger como aeronaves de instrução estática no porta-aviões NAeL Minas Gerais.

O TBM Avenger está sendo avaliado para saber o tamanho dos danos e quanto vai ser para reparar o avião histórico. Por se tratar de uma aeronave antiga, os custos podem ser bem elevados, e justamente a história desse avião pode pesar a favor de sua restauração para a felicidade dos fãs de aviação.

No outro lado há também a investigação em andamento da FAA para apontar as causas e avaliar também se mesmo com a restauração o avião ainda tem condições seguras para voar em shows aéreos. 

Para resgatar a aeronave, foi preciso puxá-la até a areia da praia, pois somente ali o guindaste conseguiria chegar com segurança e resgatar o TBM. Para os fãs de aviação resta esperar e torcer para que o histórico avião possa novamente voar e contagiar a todos que ouvem e observam ao TBM.

Se depender dos apaixonados por aviação, ele voltaria logo. Uma arrecadação entre os fãs está acontecendo em prol da restauração do avião, mesmo que ainda não saibam o valor dos danos eles estão esperançosos para vê-lo novamente voando alto.

 

Fonte: The Aviationist