O Dubai World Central Airport poderá lidar com mais de 200 milhões de passageiros por ano. Foto: Emirates

Os futuros passageiros tiveram uma ideia de como será o Aeroporto Central Mundial de Dubai quando totalmente concluído no Dubai Air Show esta semana.

A gigantesca expansão de US$ 36 bilhões sofreu alguns contratempos, mas, quando concluída, será um dos maiores aeroportos do mundo.

 

Grandes planos para um aeroporto lutando para obter tração

O Aeroporto Central Mundial, inaugurado em 2010, foi projetado para aliviar a pressão do Dubai International, o aeroporto central mais movimentado do mundo. Dubai raramente faz as coisas pela metade e o Aeroporto Dubai World Central, quando concluído, terá 145 quilômetros quadrados, com capacidade para até 240 milhões de passageiros anualmente.

Mas em meio a uma crise econômica no Golfo, a expansão do aeroporto foi adiada. No momento, as obras de construção da World Central pararam e o dinheiro secou. Os Aeroportos de Dubai disseram à Bloomberg que “os cronogramas exatos e os detalhes das próximas etapas ainda não estão finalizados”.


Quando concluído, o píer central porá receber 100 aeronaves de grande porte. Foto: Aeroporto de Dubai

Um relatório do The National sugere que uma reunião será realizada em dezembro para discutir “o caminho a seguir” sobre a expansão dos dois aeroportos em Dubai. Com o prazo para construção total do Dubai World Central Airport agora adiado para 2030, surgiram complicações porque os planos foram atualizados para refletir as mudanças no design e na tecnologia dos aeroportos.

 

Uma mudança de foco para o Aeroporto Central Mundial


E como Tom Boon observou no Simple Flying no início desta semana, a ideia original de usar o World Central como um hub para a frota de aeronaves A380 da Emirates está se alterando rapidamente, ao mesmo passo que Emirates começa a se afastar do mega avião. O CEO da Emirates, Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum (que está fortemente envolvido nos planos de expansão da World Central), disse a Tom Boon;

“O modelo quando estávamos conversando era em volta do A380 e acabou. Não é minha decisão. Não posso construí-lo para algo que sei que não vai conseguir … tenho que mudar o modelo, os portões, o tamanho do edifício…”

 

Ambições surpreendentes
Uma olhada na foto do modelo em escala do programa de expansão dá uma ideia de para onde Dubai quer levar o Dubai World Central Airport.

Um modelo em escala da expansão proposta para o Dubai World Central Airport. A zona cinza escura à esquerda já está construída. A zona mais clara e amarela é o que está planejado para 2030. Foto: Tom Boon / SimpleFlying

O plano diretor propõe cinco pistas paralelas, com 4,5 quilômetros de comprimento, cada uma suficientemente distante para lidar com operações simultâneas. Eles propõem dois terminais em ambos os lados do aeroporto.

Haverá quatro píers de 2,8 quilômetros de comprimento (embora, devido ao design, talvez você não precise caminhar 2,8 quilômetros). Cada um com capacidade para receber simultaneamente 100 aviões de grande porte.

A escala da expansão proposta do Dubai World Central Airport é impressionante. E essa escala traz consigo um mundo de complexidades e dificuldades, com um tamanho maior até mesmo em comparação com grandes hubs, como Atlanta, Istambul e Pequim.

 

Via – SimpleFlying