A companhia Yamal Airlines, uma empresa de aviação regional da russa, cancelou nesta segunda-feira uma encomenda para 10 aviões Sukhoi Superjet 100, logo após o acidente com uma aeronave da Aeroflot, do mesmo modelo, neste domingo (05/05).

Uma publicação da TASS citou que Vasily Kryuk, diretor-geral da Yamal, disse que sua empresa estava abandonando os planos de comprar mais 10 Sukhoi Superjets porque os custos de manutenção eram muito altos.

Atualmente a Yamal opera com 15 aviões SSJ100, figurando como a segunda maior operadora desse avião na Rússia.