O maior conglomerado do Vietnã, Vingroup, decidiu abandonar seus planos para uma companhia aérea, antes de iniciar os voos.

A Vinpearl Air deveria ter sido lançada neste verão, com planos de crescer para uma frota de 30 aeronaves até 2024. Parece que as preocupações com o mercado de aviação do Vietnã se saturando estão no centro da decisão da Vingroup.

A companhia deveria então ser a 6ª do Vietnã, mas o mercado por lá está tão disputado, que agora a tendência de alta está aos poucos invertendo para a tendência de baixa demanda, ou estabilização da mesma.

Os analistas sugerem que o mercado está realmente chegando ao ponto de saturação. O tráfego de passageiros em 2019 aumentou 12% em relação ao ano anterior, para 116 milhões de passageiros, mas os gargalos nos aeroportos estão começando a se tornar um problema.

Como o maior conglomerado do Vietnã, havia grandes esperanças de que o Vingroup pudesse fazer um grande sucesso nos negócios das companhias aéreas.

Nguyen Viet Quang, vice-presidente e CEO da Vingroup, disse ao Vietnam News sobre sua decisão de se retirar do projeto:

“O forte investimento da Vingroup na aviação pode levar ao excesso de oferta, causando desperdício. Também precisamos focar recursos no desenvolvimento de nosso segmento de tecnologia e indústria, por isso decidimos nos retirar.”


A Vingroup concentrará esforços nos segmentos de smartphones e projetos automotivos.

 

Via – SimpleFlying

 

DEIXE UMA RESPOSTA