Airlander Dirigível Teste
Foto: HAV/Divulgação

A Air Nostrum divulgou hoje (15) que será a primeira empresa a encomendar o Airlander 10, um dirigível gigante desenvolvido pela start-up dos tempos modernos HAV, visto que este tipo de veículo voador não é novidade no mundo.

Ao todo 10 aeronaves foram encomendadas, e elas serão alocadas para transportarem passageiros em rotas regionais da empresa. A primeira entrega acontecerá até 2026, de acordo com os executivos envolvidos.

“À medida que países como França, Dinamarca, Noruega, Espanha e Reino Unido começam a colocar em prática mandatos ambiciosos para a descarbonização de voos domésticos e de curta distância, a Hybrid Air Vehicles e o Air Nostrum Group estão demonstrando como podemos chegar lá – e chegar lá em breve”, disse a Air Nostrum, indicando também para onde voará com o dirigível a partir da Espanha.

Airlander Dirigível
Foto: HAV/Divulgação

A Air Nostrum tem na sua frota, atualmente, 50 aeronaves dos modelos Bombardier CRJ e ART-72, com 36 e 11 unidades em operação, respectivamente. A capacidade de 100 passageiros do Airlander 10 é similar ao CRJ1000 que opera na empresa.

De acordo com a HAV, fabricante do dirigível, o Airlander é mais lento, porém emite 90% a menos de CO2 na atmosfera, comparando com o CRJ1000, transportando os mesmos 100 passageiros.

A produção do Airlander no Reino Unido empregará cerca de 1.800 pessoas, para alimentar a demanda do mercado, de acordo com a HAV.

O Airlander tem 92 metros de comprimento, 44 metros de largura e 26 de altura, se destaca por ser diferente dos famosos e gigantes dirigíveis do passado, a começar pela sua estrutura que possibilita utilizar um volume maior de hélio (He) sem precisar de um grande comprimento na sua estrutura. O fato de utilizar Hélio torna o dirigível menos susceptível a incidentes.

Foto: HAV/Divulgação

A aeronave ainda pode atingir 20000 pés de altitude máxima, e tem velocidade média de 144 km/h, com alcance de até 7400 km, possibilitando voos intercontinentais. Quando configurado para carga pode transportar até 10 toneladas.

Sua velocidade média de deslocamento é praticamente a mesma de um carro, de acordo com a fabricante, e ideal para deslocamentos curtos, sendo uma alternativa ao trem comum e as estradas. Veja um comparativo na tabela abaixo (apesar do deslocamento por avião ser bem mais curto, em comparação com os dados da HAV).