Airbus A340
Foto - Divulgação/Emirates

Nos últimos anos o Airbus A340 deixou de ter algum traço de protagonismo em muitas companhias aéreas. O quadrimotor foi substituído rapidamente por novas aeronaves Boeing 787 e Airbus A350, e até mesmo outros modelos, como o Boeing 777.

O resultado foi um literal desaparecimento do A340 dos aeroportos, e o aumento da presença da aeronave nos locais de estocagem, em desertos.

Com as poucas operadoras do A340 atualmente, uma aérea do Irã ganhou destaque pela presença desses quadrimotores na sua frota.

Foto: Routes Online

A Mahan Air, do Irã, é atualmente a segunda empresa com mais aviões Airbus A340 na sua frota. Ao todo são 11 aviões, divididos entre as versões -300, de menor capacidade de passageiros, e -600, a segunda maior aeronave em operação no Irã atualmente.

Boa parte dos aviões A340 adquiridos pela Mahan Air operaram anteriormente em companhias aéreas da Europa. A aquisição dos aviões usados foi realizada em um breve período entre 2013 a 2016, de alívio das sanções para o país.

Deste modo, boa parte dos aviões listados pela companhia como “de sua propriedade” tem uma idade média alta, superando os 20 anos de uso.

Alguns a companhia evita listar como aviões próprios, mas já operaram na Mahan Air anteriormente, hoje eles estão estocados e sendo utilizados para a retirada de peças, mantendo outros aviões da frota em operação.

A única companhia com mais aviões A340 em operação é a Lufthansa, com 17 aeronaves ativas na frota, e logo depois da Mahan Air, a Edelweiss aparece na 3ª colocação devido ao número de aviões em operação (4).

Alguns detalhes continuam interessantes de analisar, nos dados divulgados ela OAG.

Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

Na lista dos maiores operadores do A340 também encontramos a Plus Ultra, com três aviões A340, que operou diversos voos fretados nos últimos anos para a Cubana de Aviation.

A Kam Air, do Afeganistão, também aparece na listas das maiores operadoras do A340, com três aviões.

De qualquer modo esses dados também mostram um pouco da decadência rápida do Airbus A340 nos últimos anos, com algumas companhias aéreas secundárias operando o avião, e ainda com uma ameaça da Lufthansa de aposentar todos os seus A340 imediatamente.

Poucos aviões continuaram em operação, em 2021 teremos cerca de 4 milhões de assentos ofertados em aviões A340, em 2019 mais de 15 milhões de assentos foram ofertados pelo A340.