A primeira profissão de uma pessoa em Marte pode ser inusitada para alguns e já esperada por outros. A NASA anunciou essa semana que a primeira profissão do planeta vermelho será Pedreiro, sim, só com com essa profissão é possível construir algo por lá.

A NASA atualmente está estudando como transformar o solo marciano em tijolo, um material bem comum de encontrar aqui na Terra, porém em Marte o solo tem um agravante, ele é uma espécie de areia com microcristais de óxido de ferro, essa combinação não forma liga, como a argila que forma o tijolo terrestre, além disso o óxido de ferro pode ser um limitante da estrutura, visto que a liga metálica corrói outros componentes de uma construção.

Por enquanto esse material está em estudo, pesquisadores conseguiram reproduzir um material semelhante por aqui, que é chamado de Mars-1a. Pequenos blocos já foram compactados, porém a NASA ainda não fez um aglomerado desse material que seja considerado uma construção de tijolos, no mínimo mini-blocos com essa composição.

Porém o material, Mars-1a, tem uma característica muito boa, o próprio solo do planeta já é mais resistente do que concreto armado e não precisa de água, visto que o óxido de ferro servia de liga, e essa foi a grande descoberta da NASA. O melhor que não precisa de uma força tão grande para formar um bloquinho de Mars-1a, somente um impacto na ordem de alguns quilonewton.

A NASA planeja levar toda essa tecnologia desenvolvida na Terra para o planeta vermelho, porém mais testes serão necessários para afirmar que a tecnologia será útil por lá, e também que eles não precisem de uma acomodação backup para os astronautas, caso toda a aparelhagem chegue em Marte e decida não funcionar.

Mais amostras do solo marciano serão recebidas em breve pela NASA, que poderá realmente testar a compressão do solo real, ao contrário das pesquisas atuais, que usa uma reprodução do solo.