A320neo- Foto: Lufthansa

Muitas vezes Hollywood faz filmes baseados em fatos reais, em outros, os roteiristas utilizam a sua criatividade para produzir excelentes roteiros.

Mas neste caso já temos uma história que conhecemos em um filme protagonizado por Tom Hanks (sempre ele). Acho que vocês já sabem o nome do filme, muito repetido na Tela Quente.

Mas desde meados de abril um jovem russo Mikhail Novosyelov de 23 anos está preso na área de trânsito do Aeroporto de Frankfurt, na Alemanha.

O estudante tem restrições de acesso à Rússia, por causa dos bloqueios contra a disseminação do Coronavírus, e não pode entrar na Alemanha, por ser estrangeiro.

Novosyelov viajou para Frankfurt, no dia 17 de abril, em um voo de resgate de alemãos que estavam na Rússia. A finalidade era estudar na Universidade Humbolt, em Berlim, cumprindo uma espécie de intercâmbio estudantil.

Porém ele foi no mesmo dia impedido de entrar na Alemanha, ficando preso na área de trânsito do Aeroporto de Frankfurt. Ao mesmo tempo, não havia voos para retornar à Rússia, visto que o país cancelou todos os voos internacionais para evitar uma maior disseminação do coronavírus.

Suas malas foram confiscadas, e Novosyelov ficou transitando no grande terminal do aeroporto, onde recebeu a ajuda de funcionários do Aeroporto e da Lufthansa. Ele recebeu até mesmo uma cama dobrável para dormir de forma mais confortável.


Atualmente ele consegue comer com ajuda de funcionários e utilizar o banheiro do local para as suas higiene diária.

Além dele, outros passageiros estão no aeroporto na mesma situação, sem conseguir retornar ao seu país de origem, e sem conseguir entrar na Alemanha.

 

Via – Deutsche Welle

 

DEIXE UMA RESPOSTA