Irkut MC-21 Rússia
Foto: UAC/Divulgação

O Irkut MC-21 é mais uma das atrações do Dubai Airshow 2021, que contou também com a participação da Airbus e de uma belíssima apresentação do Boeing 777-9X. A nova aeronave desenvolvida pela estatal UAC, com a experiência de empresas como Tupolev e Ilyushin, para concorrer com os aviões da Airbus e Boeing.

E o vídeo abaixo mostra um pouco mais como deverá ser a nova aeronave da Rússia, bem como parte do seu interior, que ainda conta com equipamentos de engenharia, visto que é um avião de testes e precisa dos computadores de aferição dos sensores adicionais.

Confira no vídeo abaixo:

A aeronave do vídeo acima está equipada com os motores de nova geração PD-14, fabricados pela também estatal russa Aviadvigatel, uma alternativa aos motores ocidentais Pratt & Whitney PW1000G usados nas outras versões do MC-21 da Irkut.

Aeronave tem modernos controles fly-by-wire, e um Glass Cockpit alinhado com aviões modernos, como o Airbus A220 e o Boeing 787.

Além disso, o avião equipado totalmente com tecnologias e peças da Rússia, com foco do país em vender a sua aeronave aos países que sofrem embargo do ocidente. Porém, se você desejar pode obter uma versão mais ocidentalizada do avião russo.

Já a apresentação da aeronave em voo você pode conferir no vídeo abaixo:

 

O Irkut MC-21

O MC-21-300 tem capacidade para 163 a 211 passageiros, sempre em configuração de duas classes. A Irkut promete um custo até 15% menor de operação do MC-21 em comparação com os concorrentes atuais, como o Airbus A321neo.

A Irkut tem mais de 185 encomendas, com mais 100 opções de compra, para o MC-21. Contudo, a maior parte dessas encomendas é proveniente de companhias da Rússia.

A certificação da aeronave deverá ser emitida ainda em 2021, de acordo com a última programação lançada pela Irkut, e com o certificado emitido pela EASA ainda em 2022.

A Irkut divulgou, através do Ministério do Comércio e Indústria da Rússia, que planeja fazer as primeiras entregas do MC-21 no final de 2021.

A primeira companhia aérea que deve receber o avião é a estatal Aeroflot, conhecida por operar por diversos anos da URSS somente com aviões fabricados no país. Atualmente a companhia conta com uma frota de aviões Airbus e Boeing, com uma pequena presença do SSJ100, fabricado pela Sukhoi na Rússia.

A Aeroflot tem 50 pedidos firmes para o MC-21, e opções de compra para mais 35 aviões. Já o MC-21 acumula um total de 175 pedidos firmes para o MC-21.

A companhia russa, por sua vez, optou por motores Pratt & Whitney, como nos A320neo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA