No dia 07 de janeiro dois aviões da IndiGo protagonizaram um grave incidente, que agora está sendo investigado por autoridades indianas.

Na ocasião dois aviões da IndiGo (VT-ITD e VT-ISV) fizeram uma decolagem simultânea do Aeroporto Internacional Kempegowda (BLR), de Bangalore, contudo, as aeronaves quase entraram em rota de colisão segundos após a decolagem.

Os dois aviões estavam voando com destinos ao Noroeste da Índia, o controlador de voo Lokendra Singh notou que as rotas de saída convergiam, e atuou para evitar a possível colisão das duas aeronaves.

Continua depois do anúncio

Confira as diferenças de rotas nas imagens abaixo, extraídas do FlightRadar 24.

Um dos erros que aconteceram, além da autorização concedida para a decolagem simultânea de aeronaves com cartas de saída semelhantes, foi o uso da pista 09R, que estava fechada naquele momento. O uso da pista foi resultado de uma falta de comunicação entre as equipes, durante uma mudança de turno na torre de controle.

O voo 6E455 tinha 182 passageiros e tripulantes a bordo, o news18.com informa que o voo 6E246 estava com 244 passageiros e tripulantes no avião, no entanto, esta é uma capacidade muito superior ao máximo suportado pelo A320neo e descartamos a hipótese desses números.

Continua depois do anúncio

Os dois voos chegaram ao seu destino com segurança, apesar da manobra aos 3000 pés solicitada de imediato pelo controlador de voo.

O incidente foi descoberto durante uma análise de rotina, não houve denúncia do erro a partir dos controladores ou da companhia aérea. Agora todo o caso está sendo investigado pela DGCA.

 

Continua depois do anúncio