Foto - Aero Icarus/Wikipedia

A Delta Airlines declarou que antecipou a aposentadoria da suas aeronaves McDonnell Douglas MD-90, em cerca de dois anos.

Isso significa que agora o MD-90 deverá sair totalmente de linha na frota da companhia até 2022, antes esse prazo era para 2024. A Delta afirmou que ainda planeja continuar as operações com o MD-88, que são mais velhos, após a aposentadoria do MD-90.

A Delta também continuará operando com as aeronaves MD-95, nomeadas de Boeing 717 pela compra da McDonnell pela Boeing na década de 90.

A Delta vai utilizar uma mescla de aviões Airbus A220 e A320 para substituir os atuais 34 aviões MD-90. A companhia tem em sua frota, atualmente, cerca de 74 aviões MD-88, e possivelmente demorará muito para aposentar essas aeronaves, que tem idade média acima de 20 anos.

Nos último dias um incidente com o MD-88 ganhou as redes sociais, quando um passageiro filmou o motor da aeronave em pane, com o spinner solto e danos nos estratores frontais. Veja mais Clicando Aqui.