A Delta Airlines assinou recentemente um acordo de joint-venture com a Korean Air, uma companhia aérea baseada em Seul, na Coréia do Sul. O acordo permitirá que os passageiros das duas companhias comprem passagens das duas companhias em ambos os sites delas, bem como autoriza o compartilhamento de receitas e custos entre a Coréia do Sul e os EUA.

Assim os passageiros da Delta, que partem dos EUA, ganham 80 destinos na Coréia do Sul e Ásia, exceto os atendidos pela Korean Air para a China, por causa da parceria entre a Delta com a China Eastern Airlines. A Korean Air terá 13 destinos dos EUA inicialmente, englobando todos os Hubs da Delta, como Atlanta, Los Angeles e JFK (NY).

“A parceria de hoje permitirá que nossas duas empresas se integrem totalmente do ponto de vista do cliente”, disse Ed Bastian, presidente-executivo da Delta, durante a cerimônia de assinatura do contrato em Los Angeles. “As sinergias serão boas para nossos clientes, nossas empresas e nossos países”, disse YH Cho, presidente da Korean Air, no evento.

A Delta atende Seul, na Coréia do Sul, a partir de três cidades americanas, Atlanta, Detroit e Seattle, essas duas primeiras ficam na parte leste dos Estados Unidos. A Delta poderá anunciar mais uma cidade americana que terá voos diretos para Seul, mas isso depende do decorrer da parceria entre as duas companhias.

Atualmente nos Estados Unidos a American Airlines e a United tem parcerias com companhias do Japão, sendo elas entre a American e a Japan Airlines, e entre a United e a ANA. Até então a Delta não tinha uma companhia parceira forte na região do Japão, mas tem com a China Eastern, que atende 217 destinos em todo o mundo, principalmente os que ficam na região da Ásia.

O acordo entre as duas companhias ainda está aguardando a aprovação das autoridades dos dois países, e será homologado em breve.