A Delta Airlines anunciou hoje que aumentou para 90 o número de encomendas firmes para o Airbus A220-100, uma aeronave da categoria regional e que tem capacidade para transportar em média 110 passageiros.

A Delta também optou por converter pedidos anteriores do A220-100 para o maior (A220-300), elevando para 50 o número de pedidos para o A220-300. Os pedidos adicionais são os primeiros da companhia aérea para o modelo -300. 

Desta forma a Delta ficou com 40 encomendas para o A220-100, 50 para o A220-300, além de mais as opções de compra da Delta, para 35 aviões de qualquer modelo.

O pedido inicial da companhia foi realizado em 2016, e envolvia 75 aeronaves em um pedido firme.

A Airbus afirma que vai montar boa parte das aeronaves A220 da Delta nos Estados Unidos, mas por enquanto a companhia optou por receber aviões montados em Mirabel, no Canadá. A fabricante vai iniciar neste mês a construção de uma linha de produção do A220 em Mobile, onde já realiza a montagem do A320, e planeja inaugurar o local em 2020.

Ao todo a Airbus já superou a marca de 500 encomendas firmes para o A220, principalmente após a confirmação das encomendas da Moxy Airways e da JetBlue, todas companhias aéreas dos Estados Unidos, como a Delta.