LATAM Airbus A350
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A Delta confirmou nesta terça-feira (13/07) que realmente assinou contratos para adicionar na sua frota 29 aviões Boeing 737-900ER usados, e mais sete do modelo A350-900, fabricados pela Airbus.

Ao todo são 39 aeronaves para a frota da companhia, expandindo a capacidade da mesma durante a retomada de voos da Delta Airlines. A companhia precisa de mais aviões para a sua frota devido à aposentadoria de outras aeronaves de tecnologia antiga durante a pandemia, reduzindo a frota em quase 150 aviões.

Curiosamente os sete aviões citados pela Delta são os mesmos que operaram anteriormente pela LATAM Brasil, e foram devolvidos pela companhia nos últimos meses. Todos estão estocados em Victorville, na Califórnia.

“Essas aeronaves são um investimento no futuro da Delta”, disse o CEO da Delta, Ed Bastian. “À medida que olhamos para além da pandemia, a abordagem disciplinada e inovadora da Delta para a renovação da frota nos posiciona para o crescimento conforme a demanda de viagens retorna , enquanto melhora a experiência do cliente e apoia nossos compromissos de sustentabilidade.”

“A pandemia também proporcionou oportunidades de negócios únicas para adicionar aeronaves de última geração a preços atraentes.”

De acordo com a Delta, esses A350-900 são fruto de uma boa negociação com a AerCap, uma empresa de leasing. Estes aviões também possibilitam um consumo de combustível 21% menor, em comparação com os Boeing 777 que foram retirados da frota nos últimos meses.

Já os aviões Boeing 737-900ER, 27 unidades foram compradas pela Delta Airlines de fundos administrados pela Castlelake, outras duas serão financiadas pela companhia. As entregas desses aviões usados serão realizadas até o primeiro trimestre de 2022, e estes passarão por adaptações antes de entrar em operação.

A Delta também aproveitou para encomendar mais 25 aviões Airbus A321neo, que serão entregues a partir do próximo ano.

Atualmente a Delta Airlines tem 15 aviões Airbus A350-900 na sua frota, e mais 20 encomendas. São 130 aviões 737-900ER que a companhia opera atualmente em sua frota.

 

DEIXE UMA RESPOSTA