Delta

A companhia divulgou os resultados financeiros do quarto trimestre, bem como do ano de 2021, e apresentou suas perspectivas para o primeiro trimestre de 2022

A Delta Air Lines divulgou na quinta-feira, 13 de janeiro, os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano inteiro de 2021 e forneceu suas perspectivas para o primeiro trimestre de 2022. Os destaques dos resultados do trimestre encerrado em dezembro e do ano completo de 2021, incluindo as métricas GAAP e ajustada, estão na página cinco do comunicado de imprensa completo.

“O ano de 2021 foi como nenhum outro para a Delta, com um progresso significativo em nossa recuperação, apoiado pela crescente preferência pela marca, o que permitiu sermos a única grande companhia aérea dos Estados Unidos a obter lucratividade no segundo semestre do ano”, disse o diretor executivo da Delta, Ed Bastian.

“Como sempre, nosso pessoal impulsionou esse sucesso, e é por isso que ficamos felizes em anunciar esta manhã um pagamento especial de participação nos lucros para todos os funcionários elegíveis”.

“Embora a variante Ômicron, que se espalha rapidamente, tenha impactado significativamente os níveis de pessoal e interrompido as viagens em todo o setor, a operação da Delta se estabilizou na semana passada e retornou ao desempenho pré-fim de ano”, disse Bastian.

“Espera-se que a Ômicron atrase temporariamente a recuperação da demanda em 60 dias, mas, ao olharmos além, estamos confiantes em uma forte temporada de viagens na primavera e no verão (do Hemisfério Norte), com uma demanda reprimida significativa para viagens de lazer e negócios”.

 

RESULTADOS FINANCEIROS DO TRIMESTRE ENCERRADO EM DEZEMBRO DE 2021

  • O lucro ajustado antes dos impostos de US$ 170 milhões exclui um impacto líquido de US$ 564 milhões principalmente em perdas de método de equivalência patrimonial, ajustes de marcação a mercado em investimentos e pagamento especial de participação nos lucros;
  • A receita operacional ajustada de US$ 8,4 bilhões de dólares, que exclui a venda de refinarias a terceiros, foi 74% recuperada em relação ao quarto trimestre de 2019, com a capacidade 79% restaurada;
  • A despesa operacional total diminuiu US$ 833 milhões em comparação com o quarto trimestre de 2019. Ajustado pelos custos de venda de refinarias a terceiros, a despesa operacional total diminuiu US$ 1,9 bilhão, ou 19%, no trimestre encerrado em dezembro de 2021 em relação ao período comparável de 2019;
  • A remuneração da American Express no trimestre foi de US$ 1,2 bilhão, alta de 11% em relação ao trimestre de dezembro de 2019;
  • No final do quarto trimestre, a empresa tinha US$ 14,2 bilhões de liquidez, incluindo caixa e equivalentes de caixa, investimentos de curto prazo e linhas de crédito rotativo não utilizadas.

 

RESULTADOS FINANCEIROS DO ANO COMPLETO DE 2021

  • A perda ajustada antes dos impostos de US$ 3,4 bilhões exclui um benefício líquido de US$ 3,8 bilhões de itens principalmente relacionados aos Programas de Apoio à Folha de Pagamento (PSP), parcialmente compensados ​​por perdas no método de equivalência patrimonial, encargos de extinção de dívidas e pagamento especial de participação nos lucros;
  • Geração de um lucro antes dos impostos de US$ 1,1 bilhão no segundo semestre de 2021. Excluindo os PSP, os ajustes de marcação a mercado, as perdas por método de equivalência patrimonial e os encargos de extinção de dívidas, foi reportado um lucro ajustado antes dos impostos de US$ 386 milhões de dólares no segundo semestre de 2021; 
  • A receita operacional ajustada de US$ 26,7 bilhões, que exclui a venda de refinaria a terceiros, foi 57% recuperada em relação ao ano de 2019, em uma capacidade que foi 71% restaurada; 
  • A despesa operacional total, que inclui US$ 4,5 bilhões de benefícios relacionados ao PSP, diminuiu US$ 12,4 bilhões em comparação com 2019. Ajustado para os benefícios relacionados ao PSP e para os custos de venda de refinarias a terceiros, as despesas operacionais totais, ajustadas, diminuíram US$ 10,9 bilhões, ou 27%, em relação a 2019;
  • A remuneração da American Express para o ano de 2021 foi de US$ 4 bilhões, 98% restaurada em relação ao ano de 2019;
  • Investimento de US$ 2,9 bilhões de volta ao negócio e redução das obrigações financeiras em US$ 7 bilhões, incluindo o financiamento total dos planos de pensão com base na Lei de Proteção de Pensões (PPA);

A empresa tinha obrigações totais de dívida e arrendamento financeiro de US$ 26,9 bilhões, com dívida líquida ajustada de US$ 20,6 bilhões no final de dezembro de 2021.

 

 

Via: Delta 

DEIXE UMA RESPOSTA