Delta Airlines EUA Covid-19

A Delta Air Lines abriu vagas de comissário de bordo e está contratando profissionais adicionais. Desde que a contratação e o treinamento aumentaram no ano passado, a companhia espera ter um total de 4500 novos comissários de bordo na linha de frente até o final de 2022.

Outra rodada de contratações começará nesta primavera/verão do Hemisfério Norte, e a formação de 40 turmas está programada para este ano como parte do compromisso da Delta com um atendimento inigualável ao cliente e de emergir mais forte da pandemia de COVID-19.

“À medida em que avançamos mais rapidamente com nossos candidatos pelo processo seletivo, esperamos reabrir essas posições em um ritmo mais frequente”, disse a diretora geral de Serviço de Bordo, Experiência do Cliente, Aprendizagem e Contratação, Jennifer Martin. “Estamos animados para continuar a aumentar a equipe de Serviço de Bordo e damos as boas-vindas a mais comissários para atender nossos clientes à medida em que o mundo continua a se reabrir”.

Os candidatos interessados ​​podem se inscrever pelo site delta.com/careers, procurando a vaga pelo título “comissário de bordo”, ou por meio deste link. É recomendável enviar a inscrição o mais rápido possível, pois a procura pela vaga está em alta demanda e a oportunidade pode ficar disponível só por algumas semanas.

Se uma pessoa já se candidatou à posição de comissário de bordo em agosto de 2021 ou janeiro de 2022 e, nessas ocasiões, não foi selecionado para avançar, ele não poderá se inscrever novamente neste momento. Neste verão do Hemisfério Norte, haverá uma nova oportunidade de se reaplicar ao processo seletivo.

 

O QUE É EXIGIDO PARA A VAGA DE COMISSÁRIO DE BORDO DA DELTA? 

Os candidatos devem ter diploma de ensino médio ou GED (General Educational Development, avaliação realizada nos Estados Unidos que comprova que uma pessoa que não cursou o ensino médio tem conhecimentos suficientes para prosseguir os estudos), possibilidade de trabalhar nos Estados Unidos, falar inglês fluentemente e ter pelo menos 21 anos de idade até 1º de maio de 2022.

Antes da data de início do treinamento, todos os novos comissários de bordo devem estar com o esquema vacinal completo, o que é considerado duas semanas após a segunda dose da vacina, se a imunização ocorrer com a Pfizer ou Moderna, ou duas semanas após uma dose da vacina da J&J.

Os profissionais devem estar dispostos a voar em rotas internacionais e domésticas e ser flexíveis, já que os voos da Delta operam dia e noite, durante todo o ano.

E, com uma rede global que abrange mais de 300 destinos, a Delta também busca candidatos que, além da fluência em inglês, falem o idioma de alguns destinos para os quais a companhia voa: dinamarquês, holandês, grego, hebraico, italiano e japonês.

O candidato se destacará se tiver:

  • Mais de um ano de experiência de trabalho em hospitalidade, atendimento personalizado ao cliente, atendimento a pacientes ou função similar; 
  • Experiência em uma função que garante a segurança e/ou cuidado de outras pessoas.

A prioridade máxima de cada comissário de bordo da Delta é garantir a segurança e o conforto de todos os clientes, ao mesmo tempo em que oferece um serviço excepcional.

É possível saber mais sobre o cargo de comissário de bordo e seu estilo de vida profissional assistindo à série de vídeos, dividida em três partes, no canal da Delta no YouTube. Os links seguem abaixo:

Para melhorar a experiência do candidato e movê-lo no processo de contratação mais rapidamente, a vaga não ficará publicada por muito tempo. Recomenda-se que os candidatos interessados ​​se inscrevam o mais brevemente possível.

Veja a lista completa de responsabilidades em delta.com/careers, na descrição do cargo sob o título “comissário de bordo”.

A Delta Air Lines, Inc. é um empregador de Oportunidades Igualitárias de Trabalho/Ação Afirmativa e oferece acomodações razoáveis ​​em seu processo de inscrição e seleção para indivíduos qualificados, incluindo ajustes relacionados ao cumprimento das exigências de oferta condicional de emprego. Documentação médica ou religiosa de apoio será exigida quando aplicável.