A demanda global por viagens aéreas domésticas e internacionais cresceu 6,2% em novembro em relação ao mesmo mês de 2017, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (09/01), pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês).

Já a oferta teve alta de 6,8% no período. O aproveitamento das aeronaves teve queda de 0,4 ponto percentual, ficando em 80,0%.

No ano, a demanda global por transporte aéreo de passageiros acumula alta de 6,6%, em relação ao mesmo período do ano passado. A oferta teve crescimento de 6,1% e o aproveitamento dos aviões teve pequeno avanço de 0,4 ponto percentual, chegando em 82%, de acordo com a IATA.

“O resultado é sólido. Há sinais claros de que o crescimento é moderado com a desaceleração da economia global. Ainda esperamos crescimento de 6% na demanda esse ano, mas as tensões comerciais, as tarifas de proteção e o Brexit são incertezas que pairam sobre a indústria”, afirma Alexandre de Juniac, Diretor Geral e CEO da IATA

 

AMÉRICA LATINA

A demanda por viagens aéreas na América Latina acompanhou a tendência global e também registrou alta de 6,2% em novembro em relação ao mesmo mês de 2017. A oferta teve crescimento de 6,0% na comparação anual e o aproveitamento das aeronaves subiu 0,1 ponto percentual para 82%.

No acumulado do ano, a demanda na região teve aumento de 6,1% em relação ao período anterior  e a oferta registrou alta de 6,5% com o aproveitamento dos aviões tendo ligeira queda de 0,3 ponto percentual para 81,5%.

 

Via – ABEAR