Beechcraft Denali
Foto: Textron Aviation

A Beechcraft, uma divisão de aeronaves da Textron Aviation, realizou nesta terça-feira (23) o primeiro voo com sua nova aeronave, o turboélice monomotor Denali. A aeronave foi criada a partir de um design totalmente novo desenvolvido pelos engenheiros da empresa.

Conduzido pelo piloto-sênior Peter Gracey e pelo piloto-chefe Dustin Smisor, o protótipo do Beechcraft Denali, equipado com o novo motor Catalyst da GE Aviation de 1300 hp, decolou aproximadamente às 8h20 do campus oeste da empresa no Aeroporto Internacional Eisenhower.

Durante o voo de 2 horas e 50 minutos, a equipe testou o desempenho, estabilidade e controle da aeronave, bem como seus sistemas de propulsão, meio ambiente, controles de voo e aviônicos. A aeronave atingiu uma altitude de 15.600 pés e velocidade de 180 nós.

Beechcraft Denali
Foto: Textron Aviation

“Do início ao fim do voo, o Denali foi simplesmente perfeito, disse Gracey. É uma aeronave excelente para voar. O motor Catalyst teve um excelente desempenho, assim como a aeronave e acima do que esperávamos. Os primeiros voos realmente não podem ser mais tranquilos do que isso. Estamos realmente tendo um excelente início para o programa de testes de voo do Denali”, disse Peter Gracey, piloto de teste sênior.

A intenção é apresentar um produto capaz de concorrer com o famoso Pilatus PC-12.A aeronave passará por um extenso programa de testes, até receber a certificação, algo esperado para 2023. A certificação contará com duas aeronaves de testes em voo, e mais três para testes estáticos em solo.

“O Beechcraft Denali completa ainda mais o nosso portfólio de aeronaves preparadas para todos os tipos de missões, aliando tecnologia, segurança e baixo custo operacional. Certamente, esse modelo será muito bem recebido pelo mercado brasileiro, principalmente pelos proprietários de turboélices e pistões, que desejam mudar para uma aeronave com maior desempenho e experiência aprimorada para os passageiros”, explica Leonardo Fiuza, presidente da TAM Aviação Executiva, que representa a Textron Aviation e Beechcraft no Brasil.

O novo avião promete ser até 20% mais econômico, em comparação com outros aviões da Textron Aviation, além disso, será capaz de funcionar com bioquerosene. A fuselagem é feita totalmente em material composto, para diminuir o peso total da aeronave.

O cockpit apresenta o conjunto de aviônicos intuitivos Garmin G3000 com controles de alta resolução e tela sensível ao toque. O Denali também apresenta o autothrottle integrado aos aviônicos da Garmin, diminuindo a carga de trabalho para os pilotos.

O Beechcraft Denali terá uma velocidade média de 527 km/h quando em voo, e um alcance de 3000 km aproximadamente. Desta forma o avião poderá fazer voos de Los Angeles a Chicago, ou entre Londres e Moscou.

A aeronave complementará a linha da Beechcraft e até mesmo da Cessna, que oferece há anos o monomotor turboélice Grand Caravan e deu o start para o início deste projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA