DECEA Espaço Aéreo

A partir desta quarta-feira (20/07), os usuários de aeronaves não tripuladas poderão solicitar acesso ao Espaço Aéreo Brasileiro através da nova versão do Sistema de Solicitação de Acesso de Aeronaves Remotamente Pilotadas, o SARPAS NG, um produto desenvolvido pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), órgão subordinado à Força Aérea Brasileira (FAB).

A atual versão continuará funcionando normalmente até o dia 19 de agosto. Em seguida, apenas usuários já cadastrados poderão continuar acessando esta versão, que será encerrada de maneira definitiva no dia 17 de novembro. Com a desativação, o acesso ao histórico de voos ficará disponível via SARPAS NG.

O novo produto foi elaborado a partir de uma reformulação na tecnologia e arquitetura do sistema, para viabilizar a criação de um ecossistema a partir da integração automática de terceiros. Com esta evolução, o SARPAS NG trabalha em conjunto com o Sistema de Aeronaves não Tripuladas (SISANT) da Agência Nacional de Aviação Civil, possibilitando a inclusão dos dados de ambos os sistemas de forma automática.

As mudanças do novo sistema já começam no acesso com a viabilidade do uso de login e senha únicos do Governo Federal. Ao acessar a página do SARPAS https://sarpas.decea.mil.br, o usuário será direcionado para realizar a identificação com a conta gov.br.

Outro destaque é a integração ao Airspace System Analysis (ASA), um produto digital desenvolvido pelo DECEA, que utiliza o motor de análise desse sistema para tratar as solicitações recebidas.

“Esta integração permitiu o desenvolvimento de um novo SARPAS com ferramentas mais avançadas para viabilizar a solicitação de acesso ao espaço aéreo.”

“A nova versão também conta com um mapa mais informativo e com diversos recursos para o usuário, como a localização baseada no navegador, a ferramenta de medição à distância, o aperfeiçoamento da ferramenta de desenho da área – que possibilita o contorno exato da área de voo através de polígonos e contribui para a otimização do espaço aéreo – dentre outras”, explica o Chefe do Subdepartamento de Operações do Departamento de Controle do Espaço Aéreo, Brigadeiro do Ar Eduardo Miguel Soares.

Desde 2016, ano de lançamento do SARPAS, a demanda de solicitações de voo é crescente. Atualmente, o sistema possui 90 mil usuários cadastrados e registrou um aumento de 40% no último comparativo anual referente aos anos de 2020 (172.230 solicitações) e 2021 (243.961 solicitações).

Com isso, o DECEA observou a necessidade de aprimorar o sistema e de entregar um produto mais moderno, que atenda a demanda de forma mais prática.

“A praticidade do SARPAS NG, certamente, irá gerar um novo crescimento no número de cadastros no sistema pelo terceiro ano seguido. E o DECEA, segue acompanhando a evolução do setor para proporcionar a todos os usuários um serviço de qualidade”, afirma o Oficia-General.

 

 

Via: DECEA