Nesta quarta-feira, 29 de maio, a Lufthansa retirou da sua frota o seu Airbus A320 mais antigo em operação comercial, de matrícula D-AIPA e fabricado em 1989.

Nesta terça-feira a aeronave fez um voo de despedida, que também foi considerado como parte do aniversário de 50 anos da Airbus, onde sobrevoou partes da Alemanha, com passagens à baixa altitude em Hamburgo, onde a fabricante europeia tem uma linha de montagem.

Já nesta quarta-feira a aeronave fez um último voo, de Bruxelas para Frankfurt, encerrando assim sua missão nos voos comerciais, com um histórico de 56982 voos totalizando 71397 horas de serviço.

Esse foi o 69º avião do modelo A320ceo fabricado pela Airbus, atualmente ela já fabricou mais de 8000 aeronaves da família A320. Na época a Lufthansa era uma apoiadora do projeto, junto com a Air France.

O avião não é de leasing, a Lufthansa já detinha o bem como capital próprio desde 1989. Ele será totalmente desmontado nos próximos dias, na Bulgária. Algumas peças serão reaproveitadas e provavelmente o avião será transformado em sucata, a menos que um museu apresente interesse pela aeronave.