Além de ter um projeto prévio para um novo terminal, o Aeroporto de Florianópolis já ganhou sua nova marca, através de um vídeo institucional supostamente vazado a concessionária que arrematou o aeroporto, a Zurich Internacional Airport, apresentou a nova logo e nome do aeroporto, que se chamará Floripa Airport, em linha com o apelido da cidade, chamada diversas vezes de Floripa pelos turistas.

A logo também ressalta a Ponte Hercílio Luz, um símbolo que liga a parte continental de Florianópolis com a ilha.

De todos os aeroportos da última rodada de concessão, Florianópolis será o único que precisará de um terminal de passageiros totalmente novo, além de uma ampliação da pista de pousos e decolagens e do pátio de aeronaves. Por isso o aeroporto foi arrematado por apenas pouco mais de 83 milhões de reais.

O lance mínimo do leilão era de 25% do valor total da outorga, que no caso do aeroporto de Florianópolis era de R$ 53 milhões. A oferta vencedora foi de R$ 83 milhões representando um ágio de 58% sobre o valor estipulado para a oferta mínima. 

As outras obras que precisarão ser realizadas estão dispostas acima, o investimento poderá chegar ao valor total de 960 milhões de reais, o foco do aeroporto por enquanto é totalmente turístico, sem previsão de servir como um hub regional da região Sul do país.

O atual terminal, que não conta nem com pontes de embarque cobertas, será substituído por um novo layout em padrão linear, com 10 pontes de embarque cobertas, os famosos fingers. Ainda haverá mais 6 posições remotas para aeronaves da aviação comercial no pátio do aeroporto.

Esse novo terminal custará no total 500 milhões de reais, juntamente com as adequações na pista de taxiamento e no pátio de aeronaves, esse valor significa mais da metade do investimento total previsto para o aeroporto, uma rápida mudança que justifica a menor outorga já paga em um aeroporto de grande movimentação no Brasil.

A Zurich Airport espera concluir a obra em até 2 anos e meio, após assumir totalmente a concessão do local, ato que só acontecerá em 1º de janeiro de 2018.

Essa rapidez da Zurich Airport é um bom indicativo, já que o Aeroporto de Florianópolis precisa de uma readequação urgente, enquanto isso as outras concessionárias ainda estão em fase de estudo preliminar do projeto de expansão, que afetará os aeroportos de Fortaleza(CE), Porto Alegre(RS) e Salvador (BA).

A Zurich Airport também faz parte do consórcio que opera o Aeroporto de Confins (MG) desde 2014, e que recentemente concluiu as obras de expansão do aeroporto mineiro, de uma forma bem mais lenta.