Engenharia Aeronáutica
Foto: Sgto Johnson

Na Força Aérea Brasileira (FAB), o profissional de Engenharia tem atuação nos mais distintos segmentos, como Engenharia Civil, Aeronáutica, Aeroespacial, Mecânica, Elétrica, Eletrônica, Cartográfica, de Infraestrutura, de Agrimensura, Cartografia, de Computação e de Telecomunicações, entre outras.

O ingresso na Instituição ocorre por meio do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), por concurso para o Quadro de Oficiais Engenheiros (QOENG) e Quadro de Oficiais de Apoio (QOAP) e, por processo seletivo, para o Quadro de Oficiais Convocados (QOCON).

O Dia da Engenharia da Aeronáutica é comemorado em 28 de Outubro e tem como Patrono o Marechal do Ar Casimiro Montenegro Filho. A implantação da Diretoria de Obras ocorreu em 1942 com a missão pioneira de realizar a gestão das atividades de engenharia voltadas para a construção das instalações do recém-criado Ministério e da Infraestrutura Aeroportuária.

 

Referência nacional e internacional

O Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, ressalta que a história da Engenharia confunde-se com a da própria Força Aérea e destaca os avanços.

“A Engenharia da FAB destaca-se como referência internacional, atestada pelas conquistas de nossos engenheiros nas mais diversas áreas do Comando da Aeronáutica: Ciência e Tecnologia Aeroespacial, Emprego do Poder Aéreo, Controle do Espaço Aéreo, além da necessária Infraestrutura Aeronáutica. Nossos profissionais da engenharia têm contribuído significativamente para um futuro promissor”, destaca o Oficial-General.

Para o Diretor de Infraestrutura da Aeronáutica (DIRINFRA), Major-Brigadeiro Engenheiro Jorge Luiz Cerqueira Fernandes, Oficial-General mais antigo do quadro na FAB, o momento é de comemoração.

“É com orgulho que no dia 28 de outubro comemoramos 79 anos de atividades realizadas pelos Engenheiros do Comando da Aeronáutica, que contribuíram sobremaneira para a atual capacidade operacional da FAB e terão papel fundamental para atingirmos o patamar operacional estabelecido na concepção da Força Aérea 100.”

Foto: Capitão Cavalcanti

“São profissionais dos ramos da engenharia, civis e militares, comprometidos com a missão da FAB, atuando em todas as áreas de interesse do COMAER e participando das várias fases do ciclo de vida dos materiais, desde a concepção, projeto, certificação e obtenção, até o suporte ao emprego dos nossos sistemas de armas”, ressalta.

O Capitão Aviador João de Barro Monteiro Cavalcanti obteve a nota 9,81 – considerada a melhor média de todos os tempos – no curso de Engenharia Aeronáutica do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Para o Oficial, “os projetos estratégicos da FAB, tais quais o projeto de propulsão hipersônica e outros da área espacial, serão os definidores de um cenário futuro num contexto que extrapola as próprias atividades da Força Aérea, englobando conquistas sólidas para o desenvolvimento industrial, acadêmico e social do nosso País”, finaliza.

Fotos: Sargento Johnson / CECOMSAER e Capitão Cavalcanti / Arquivo pessoal

Clique aqui e leia a Ordem do dia em alusão ao Dia da Engenharia Aeronáutica

 

 

Via: Força Aérea Brasileira

DEIXE UMA RESPOSTA