Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

O Il-112V em seu segundo voo. Foto: VASO.

A United Aircraft Corporation, conglomerado de fabricantes aeronáuticas da Rússia, retomou hoje (30) os voos de testes com o cargueiro militar turboélice Ilyushin Il-112V, exatamente dois anos após o primeiro voo do modelo. 

A aeronave tripulada por dois pilotos e um engenheiro decolou do aeródromo da fabricante PJSC VASO, em Voronezh. Segundo a UAC, durante o voo de 30 minutos a estabilidade e a controlabilidade aeronave foram testadas, assim como os sistemas principais e modos de operação do motor. 

Sergei Yarkovoy, diretor-gerente da Ilyushin, afirma que, desde o primeiro voo da aeronave em 30 de março de 2019, seus sistemas foram refinados e foram realizados trabalhos para reduzir seu peso, permitindo que ela avançasse para testes conjuntos com o ministério da defesa russo.

O Il-112V em seu segundo voo. Foto: VASO.

Yarkovoy acrescenta que estão sendo feitos preparativos para a produção em série de até 12 aeronaves por ano, garantindo um fluxo “constante” de trabalho para a empresa.

Segundo a estatal russa Rostec, os motores Klimov TV7-117ST do avião “funcionavam rotineiramente” durante o voo. Os motores que podem gerar até 3100hp foram montados inteiramente com componentes russos. 

“No momento, estamos concluindo os testes iniciais para confirmar a vida útil de recondicionamento do motor de 600h”, disse o designer geral da Klimov, Vsevolod Eliseev, acrescentando que sete motores para testes de bancada e três pares para testes em voo foram construídos.

O Il-112 foi desenvolvido para substituir o An-26, cumprindo missões de transporte de tropas, materiais, veículos leves e demais cargas com peso de até cinco toneladas. A aeronave também pode pousar em pistas não-pavimentadas.

O Il-112V em seu segundo voo. Foto: VASO.

Via Flightglobal