Drone russo Okhotnik teria realizado testes com mísseis ar-ar

Sukhoi S-70 Okhotnik- Foto: © Ministério da Defesa da Rússia / TASS

O mais novo drone russo Okhotnik teria realizado um teste em voo com mísseis ar-ar. O teste é mais entre vários já realizados para que o veículo aéreo não tripulado possa ser operado pela força aérea russa em 2024.

“A partir da pista de pouso do campo de aviação militar do Centro de Treinamento e Aplicação de Combate das Forças Aeroespaciais Russas no campo de treinamento de Ashuluk, o Okhotnik realizou vários voos com simuladores funcionais de mísseis guiados ar-ar”, uma fonte do setor “militar -complexo industrial ”, disse à RIA Novosti . “Na versão de combate [do drone], esses mísseis são projetados para destruir outras aeronaves.”

De acordo com o site The Drive o drone russo teria sido equipado com mísseis ar-ar simulados (AAMs): armas inertes com cabeçotes infravermelhos e de radar, mas sem motores e ogivas. No entanto, não se sabe se foram usados alvos para os possíveis testes.

Entre os testes feitos com o Okhotnik foram os voo de juntos com o caça de 5 geração SU-57. Os militares russos querem que haja uma integração entre o caça SU-57 e o drone Okhotnik. 

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou anteriormente que o Okhotnik “ampliará a cobertura do radar [do Su-57] e fornecerá a aquisição de alvos para o emprego de armas lançadas pelo ar”. 

Desde seu voo inaugural o drone russo em questão vem passando por vários testes. Até onde se sabe a nova aeronave UAV russa tem capacidade Stealth, levar uma considerável gama de arma e de atingir velocidades supersônicas.

 

Fonte de apoio: The Drive / Edição: Aeroflap


DEIXE UMA RESPOSTA