Drone Ucrânia

A 45ª Brigada de Artilharia Separada da Ucrânia divulgou recentemente um vídeo do UAV (Veículo Aéreo Não Tripulado) Spectator-M1 sendo derrubado por um míssil terra-ar russo. As imagens dão uma visão em primeira pessoa desse tipo de ação.

De acordo com as informações dos ucranianos, o UAV estava sobrevoando uma usina de refino de petróleo na Ucrânia, perto de Polohy, no Oblast de Zaporizhzhia, dominada pelos russos. No momento o drone estava sendo utilizado para obter imagens do local em tempo real, enquanto um grupamento de artilharia atacava posições da Rússia na instalação industrial.

No segundo vídeo abaixo podemos conferir os poucos segundos que leva para um míssil terra-ar atingir o drone em voo.

No primeiro vídeo a 45ª Brigada de Artilharia Separada da Ucrânia mostra também que estava utilizando um outro drone de reconhecimento no local, que substituiu o equipamento destruído pelos russos.

Alguns especialistas em equipamentos militares declararam que a Rússia provavelmente utilizou um sistema Tor-M1/M2 para destruir o drone de reconhecimento. E apesar dos ucranianos não declararem qual o equipamento utilizado, o país está empregando o Spectator-M1 desenvolvido pela empresa nacional VAT SPKorolev Meridian JSC para esse tipo de missão.

A uma altitude de 1000 metros o M1 é capaz de obter imagens detalhando qualquer item com mais de 10 centímetros. O UAV é equipado com sensores de câmera EO/IR (infravermelho) convencionais, lente com 10x de zoom ótico, instrumentos de medição de contaminação ambiental e recipientes de lançamento de folhetos de propaganda de guerra.